Oscar 2021. Os protagonistas mais carismáticos dos vencedores do Oscar de Animação. Qual o seu predileto?

Avatar
Por Yasmine Evaristo

Nesta categoria tão recente, com apenas 19 anos de existência, já pudemos conhecer inúmeros protagonistas que conquistaram nosso coração.

Que tal relembrar cinco desses carismáticos personagens de animações vencedoras do Oscar

Shrek 

Quem um dia poderia pensar que um ogro poderia ser protagonista e heróis de um conto de fadas? Vencedor da primeira edição da categoria o brutamontes verde conquistou o público com sua personalidade descontraída e suas aventuras para salvar a princesa Fiona e conter a língua de seu amigo, o Burro. 

O sucesso foi tanto que o filme ganhou três sequências e um spin-off , O Gato de Botas. No original a voz de Shrek foi dublada por Mike Myers, de Austin Powers, e no Brasil por Bussunda, comediante que integrou o Casseta e Planeta

Mano (Mumble) 

Um pinguim imperador dançarino, filho de pais que se chama Norma Jean e Memphis, não poderia ser alguém pouco carismático. A fofurinha protagonista de Happy Feet sofre por não se enquadrar nos padrões de sua comunidade. Enquanto todos os pinguins são conhecidos por serem exímios cantores, o jovem desafina.

Mas seu maior dom é o de sapatear e ele se une a um grupo de pinguins de outra espécie para descobrir o motivo da escassez de peixes na região. A animação conta com músicas de bandas como PrinceSteve WonderQueen na trilha sonora. Inesperadamente o filme foi dirigido e produzido por George Miller, muito mais conhecido por ser criador e diretor da franquia Mad Max

Remy 

Impossível falar de carisma sem citar Remy (Patton Oswald) o ratinho francês que deseja ser chef de cozinha. O pequeno roedor, morador de uma casa na zona rural da França, vai à Paris, após a dona da casa destruir a colônia de ratos em que vive. Remy possui um olfato apurado e distingue alimentos envenenados de alimentos sem veneno. 

Entretanto, na capital, seu olfato terá outra utilidade, a de ajudar Linguini (Lou Romano) a desenvolver sua habilidade na cozinha. Em Ratatouille, o protagonista é um sonhador muito empenhado em alcançar seu sonho. Movido pela vontade de conhecer seu ídolo, o chef Auguste Gusteau (Brad Garret), o animal sempre segue seu mantra “qualquer um pode cozinhar”. 

WALL-E 

 

Atire a primeira pedra quem não torceu, riu, amou e chorou com toda a trajetória do robozinho que decide recuperar seu grande amor! WALL-E, protagonista que da nome à animação vencedora no ano de 2009, é sem dúvidas o mais carismático de todos os vencedores da categoria. 

Em uma Terra evacuada após a destruição do meio ambiente restou no planeta sujeira e máquinas responsáveis pela limpeza. Uma dessas máquinas é WALL-E, um robô compactador de lixo, que desenvolveu amizade com uma barata e encontra um broto de planta meio ao lixo. O robô se envolve em várias aventuras e, apesar de inicialmente parecer ser muito covarde, desenvolve coragem e se envolve em uma aventura espacial para resgatar sua EVA. 

Merida

Após anos e anos de princesas clássicas, de contos de fadas, que viviam uma vida entre familiares, castelos e casamentos, o cinema começou a mudar um pouco os perfis das suas garotas. Quando a escocesa Merida chegou aos cinemas, a asiática Mulan já tinha ido à guerra e mostrado o poder de uma mulher que dominava o arco e a flecha. 

A protagonista de Valente precisa provar para seu pai que ela pode ter autonomia sobre suas escolha, assim como lutar para salvar sua mãe de um encanto provocada por ela mesma. Mesmo que a garota se mostre imatura e rebelde no início da animação, seu desenvolvimento mostram para ela a importância do respeito e do diálogo com sua família e, principalmente, a corrigir os danos provocados pelo orgulho. 

Bônus: Miles Morales

O jovem Miles Morales é mais um dos personagens heróis que precisam aprender sobre as responsabilidades que acompanham a aquisição de poderes. Em  Homem-Aranha no Aranhaverso um portal é aberto após um acelerador de partículas, criado por Wilson Fisk, ser ativado. 

E, primeiro lugar o carisma de Morales vem do fato dele ser um fã do Aranha e entender a importância do herói para a manutenção da ordem. Em segundo lugar pelo fato dele entender a multiplicidade de Aranhas que podem existir nos inúmeros universos paralelos. Em terceiro lugar, por conseguir criar um diálogo com seu pai provando para ele que não é apenas um jovem desinteressado e sim alguém que aprendeu a ser responsável. 

Yasmine Evaristo

Artista visual, desenhista, graduanda em Letras - Tecnologias da Edição. Pesquisadora de cinema, principalmente do gênero fantástico, bem como representação e representatividade de pessoas negras no cinema. Devota da santíssima trindade Tarkovski-Kubrick-Lynch.

× Curta Music Non Stop no Facebook