The Baggios 2021

Destaques da Semana. Música baiana sublime, The Baggios, Thaíde e os melhores lançamentos que chegaram à redação

Por Jota Wagner

Terça-feira é dia de dar um tempo na correria para ler e conferir os lançamentos musicais mais legais da semana indicados por Jota Wagner, editor do Music Non Stop

Gostamos do novo e do independente, mas o que tem de mestres da música nesta edição da coluna nesta é de encher os ouvidos. De Thaíde a Pedro Sá, passando por The Baggios e o dream team do Rockers Control. Confira tudo, dance, ouça, leia!! Tá demais o Destaques da Semana de hoje.

 

Destaque dos Destaques – Tícia – Salcity

Música, letra e videoclipe primorosos!

Favela é a raiz

Quilombo marginal

Mavambo original

Com antecedente criminal

Arrepiei ao assistir ao clipe de Salcity. Produção de primeira,  uma voz incrível, música fantástica e uma senhora letra. A Bahia está em tudo aqui.  O sincretismo religioso, a ancestralidade africana e os corres da periferia em um videoclipe recheado de simbolismo, cuidadosamente espalhados em 2 minutos e 32 segundos de um filme impecável.  O lançamento é da Batekoo.

 

The Baggios – Tupã-Rá

Mais dos mestres

The Baggios é, para mim, a maior banda do indie brasileiro dos últimos tempos. Além de conversar no mesmo nível com os melhores do mundo, traz uma característica importantíssima: mostra uma cara absolutamente brasileira ao estilo sem perder o apelo global. The Baggios é para rodar o mundo nos grandes festivais, desde que não se esqueça dos palcos da terra natal, claro. O novo disco, Tupã-Rá (grande nome) é sensacional!!!!!

 

Vito Velasso – Interminável Dança dos Sonhos

Pop Rap bem feito e com letras bacanas

Vito Velasso lança um álbum bem solar, rap made in Florianópolis, lotado de referências da música eletrônica e da MPB, sempre com um tempero reggae. No caso do gênero de Bob Marley, as referências estão mais na ambientação pop do que na estrutura propriamente dita.  Disco bem produzido e letras bacanudas. Vale a audição.

 

Rockers Control

Trio de ouro lança disco de reggae cascudo

Um trio formado por músicos com currículo pesado faz alegria de qualquer assessor de imprensa, que tem a panela cheia para criar um release saboroso. O Rockers Control, para você ter uma ideia, é formado por músicos da gang do Crioulo e Tatá Aeroplano (Bruno Buarque), Bixiga 70 (Cris Scabello) e Karina Buhr (MAU). O som é raiz pura, cheio de camadas de hammond, naipe de metais, boa onde e paz no coração.  Sacada gigantesca dos caras cantar em inglês sem fazer nada para disfarçar o sotaque português.  Rockers Control entendeu a mensagem. O disco é lindo!

 

Viridiana – Tua, Toda

Dance, dance, dance

Viridiana é o projeto artístico da porto-alegrense Bê Smidt. Canção de pista, mas também de cabeça, com um vocal fluido e sensual.  Aliás, sensual também é o videoclipe, todo trabalhado no BDSM. É legal ver como artistas têm dedicado carinho e talento especial às boas letras, não mais raro nos últimos tempos (em que temos sofrido mais, reconheçamos).  Recomendo e muito conferirem o clipe de Tua, Toda.

 

Pedro Sá – Um

Monstrão carioca

Pedro Sá definitavamente é um monstrão carioca. Começou no Mulheres Que Dizem Sim, participou de diversos outras bandas até chegar na famosa Orquestra Imperial. Depois disso, saiu tocando e compondo para a nata da música brasileira, incluindo Tom Jobim e Caetano Veloso.  Seu álbum solo segue o nível que está aí já plantado na sua imaginação. MPB altamente (altamente mesmo) experimental, com muitos toques da bossa nova. Um disco inquieto e inquietante.

 

Thaíde e Dada Yute – Pra Cima

Vá em frente e faça tudo o que tem de fazer

A lenda do rap nacional Thaíde se junta a Dada para lançar a incrível Pra Cima, rearranjada para festa, tanto na batida quanto na letra. Gravado no centrão de São Paulo, terra de Thaíde, o clipe é uma viagem pelo berço da cultura hip-hop. A música é parte do proeto Rap Reggae Party, onde o mestre regrava junto com a garotada clássicos do rap com a levada bombada dos sub-gêneros do reggae.

 

Jotadablio – Livro na estante

Rio, terra do indie rock

Primeiramente não, este não é um projeto paralelo meu.  Jotadablio é carioca e lança Livro Na Estante, reafirmando a queda que o Rio de Janeiro tem para o indie rock desde quando assisti ao show do Stereolab no mítico Cine Íris, em agosto de 2000. A música, inclusive, tem bastante da vibração que rolava nesta época na cidade.  Jotadablio vem de Jorge Wagner, agitado musical da cidade há muito tempo! Confira

 

 

 

 

Jota Wagner

Jota Wagner escreve, discoteca e faz festas no Brasil e Europa desde o começo da década de 90. Atualmente é editor chefe do Music Non Stop e produtor cultural na Agência 55. Contribuiu, usando os ouvidos, os pés ou as mãos, com a aurora da música eletrônica brasileira.

× Curta Music Non Stop no Facebook