the linda lindas

The Linda Lindas, grupo latino-asiático de adolescentes que viralizou na internet, assina com a gravadora Epitaph

Por Jota Wagner

O grupo formado por 4 adolescentes de origem latina e asiática fez barulho na internet com a interpretação de sua música Racist Sexist Boys em uma livraria norte americana.

A banda formada por Bela, Lucia, Eloise e Mila, cujas idades variam entre dez (!!!!) e dezesseis anos, divulgou uma live feita dentro da Biblioteca Pública de Los Angeles, no projeto Teentastic Tuesdays. Além de covers de bandas como Bikini Kills e The Muffs, as meninas do The Linda Lindas tocaram também uma canção autoral chamada Racist Sexist Boys.

A canção surgiu de um comentário ouvida na escola. “Você deveria se afastar dos chineses”, disse um colega de classe.  A “inspiração” resultou na paulada punk rock, bem no estilo Riot Grrrl (movimento de bandas punk feministas surgido nos EUA).

De acordo com a revista Spin, o grupo já está em contato com a gravadora Epitaph Records, que passou a divulgar o trabalho da banda em seu website oficial. O The Linda Lindas já havia chamado atenção, em 2019,  da banda Bikini Kills,  grande nome do rock feminino americano, segundo o site Tenho Mais Discos que Amigos.

Desde então a banda já foi destaque em grandes veículos da imprensa musical como New Musical Express, Variety e Spin.  Assista ao vídeo gravado na biblioteca da Los Angeles (e que já está no canal oficial da Epitaph):

Como sempre acontece, eis a filosofia punk ajudando as salvar o mundo.  Quatro garotas, de etnias que têm sofrido tanto preconceito com a putrefata onda conservadora que assolou os Estados Unidos e criou movimentos como o Asian Hate, tocando dentro de uma livraria uma canção contra o racismo e o sexismo. Digno de virar matéria do Reasons to be Cheerful, não é mesmo?

O efeito viral do vídeo de Racist, Sexyst, Boys veio, claro, da surpresa com a atitude, a competência e o carisma do grupo. Não é sempre que se vê uma baterista de 10 anos de idade anunciando uma música.  Além de tudo isso, o som das meninas é bastante redondo, como podemos ouvir na música Never Say Never, composto pela guitarrista Lucia de La Garza.  O som tem bastante influência de The Muffs, querida banda guitarreira noventista de Kim Shattuck, e faz parte do único EP lançado até então.

The Linda Lindas

The Linda Lindas – foto: divulgação

 

Jota Wagner

Jota Wagner escreve, discoteca e faz festas no Brasil e Europa desde o começo da década de 90. Atualmente é editor chefe do Music Non Stop e produtor cultural na Agência 55. Contribuiu, usando os ouvidos, os pés ou as mãos, com a aurora da música eletrônica brasileira.

× Curta Music Non Stop no Facebook