The Kooks em São Paulo 2022

The Kooks voltou a São Paulo. Veja como foi o show no Espaço das Américas

Por Jota Wagner

The Kooks voltou ao Brasil para apresentação única em São Paulo. Veja como foi

Fotos de Tatiane Silvestroni

Não são poucas as bandas que inserem o Brasil em seu circuito fixo de shows. A The Kooks, formada em 2004 e conhecida mundialmente desde o lançamento do disco Inside In, Inside Out (2006), já tem, por assim dizer, um relacionamento com país. Este por aqui em 2012, 2016, 2018 e voltou (desta vez somente para São Paulo) para rever os fãs após a pandemia.

A banda, formada pelos amigos de escola Luke Pritchard, Hugh Harris e Paul Garred (substituído por Alexis Nuñes), comemora os quinze anos do disco que a projetou no cenário indie e aproveitou para tocar algumas músicas de seu novo disco, 10 Tracks to Echo in the Dark, que sai ainda este ano. O show rolou no Espaço das Américas dia 20 de maio. A banda se apresentou para uma plateia lotada e apaixonada. O Music Non Stop esteve por lá e registrou tudo para nossos leitores.

A trajetória do The Kooks é a prova de quem um bom show catapulta uma banda ao estrelato. Os meninos assinaram contrato com a Virgin Records apenas três meses após montarem o grupo. Um de seus primeiros prêmios foi o de melhor show britânico pelo MTV Music Awards.

Influenciados por Rolling Stones, Bob Dylan e David Bowie, o The Kooks surgiu enquanto seus integrantes compravam roupas. O primeiro show que conseguiram foi graças a, segundo a banda, os “chapéus legais que haviam comprado”.

As coisas aconteceram tão rápido para a banda que eles mesmos tinham dúvida sobre seu potencial. O grupo gravaou uma demo com um amigo e enviou começou a mostrar para algumas pessoas para tentar descolar shows. O primeiro a ouvir já se ofereceu para seu manager. Semanas depois, a Virgin bateu à sua porta, disposta a esperar o tempo necessário até se sentirem prontos para lançar um álbum, o que levou dois anos.

De volta ao Brasil após a pandemia, o grupo mostrou que a energia do grupo no palco segue em alta voltagem. Confira as fotos:

 

Jota Wagner

Jota Wagner escreve, discoteca e faz festas no Brasil e Europa desde o começo da década de 90. Atualmente é editor chefe do Music Non Stop e produtor cultural na Agência 55. Contribuiu, usando os ouvidos, os pés ou as mãos, com a aurora da música eletrônica brasileira.

× Curta Music Non Stop no Facebook