Radar. O Soul brasileiro de Hyldon e Cassiano está sendo revisitado pela garotada. Conheça os lançamentos mais interessantes da semana

Jota Wagner
Por Jota Wagner

Artistas brasileiros estão bombando no Radar desta semana, que identificou um tremendo interesse das novas gerações pelo soul setentão brasileiro, encabeçado por artistas como Hyldon e Cassiano. Confira as novidades.

Coluna Radar desta semana está brasileiríssima. Tem rock, pop, brega funk, música experimental, electro  e uma interessante tendência: o terno abraço da nova geração ao tão sexy soul brasileiro das décadas de setenta.

Coronel Pacheco – King Size

Música nova é divertida, festeira e tropical, com cara de rolê.

A Coronel Pacheco lançou faixa, videoclipe extended mix da ótima King Size.  Feliz união de guitarras, vocais disco e uma onda boa para sua pista de dança.  A produção conta com a participação de Nathalia Matos e Thais Bonizzi. Luiz Hygino, vocalista e guitarrista conta sobre como a música surgiu: “Tudo começou em uma viagem que fiz com minha parceira, a Ana. Ficamos em uma pousada maravilhosa em Porto de Pedras que tinha uma tremenda cama King Size. Apesar do tamanho do colchão, nunca nos sentimos distantes”, conta. “E meu ronco ficou mais longe do ouvido dela. A primeira coisa que fizemos ao voltar pra casa foi comprar uma King Size, parcelada em 12 vezes. A vida mudou”.

Tartamudo – Respiro

Música experimental direto da concreta Brasília

Radar

Foto: Divulgação

A dupla formanda por Wilton Rossi e Zepedro Gollo lança um EP de música ambiente com 4 faixas bacanérrimas, chamado Respiro.  Tudo sobre influência do circuito de concreto que é a cidade de Brasília.

““Esse registro é bem climático. Usamos muitos elementos analógicos, mas sem dispensar os recursos e sons digitais. Gostamos de incorporar os tropeços e tratá-los como peças criativas. Nesse trabalho, nós nos sampleamos, desaceleramos e subvertemos nossas próprias obras. Como de costume, fazemos tudo intuitivamente, na sintonia. O processo mistura composição, arranjo e mixagem ao mesmo tempo. Gravamos tudo que der vontade de tocar e entendemos que o nosso trabalho se comunica com o corpo, operando com base no volume e na repetição. É um convite para sair do cotidiano e relaxar” – nos conta o Tartamudo.

Stroka – Break On You

Mais um lançamento da brasileira Massa Records

A Massa Records é formada pelo DJ Renato Cohen e por Fernando Moreno, duas importantes figuras do cenário eletrônica brasileiro. O novo EP lançado pela gravadora é electro sujão e oldschool do Stroka, residente da festa Capslock. O lançamento é digital e está disponivel em sua loja para DJs predileta.

Dulcineia – Dulcineia

Saio o disco de estreia da dupla carioca

radar

Foto: Luiz Wachelke

Faz tempo que venho falando aqui no Radar tem falado movimento de novos artistas que revisitam o soul brasileiro de Hyldon e Cassiano.  O duo Dulcineia, de Tiago Soares e Gabriel Silva,  manda mais um disco deste embrionário rolê. Disco bacanérrimo, produzido por Guilherme Marques (Duda Beat, Biltre, entre outros). Vale conferir.

Reiner – Flor

Mais soul brasileiro. Que bom!

Assim como Dulcineia, o paraense Reiner também revisita o soul brasileiro dos anos 70 de forma muito interessante, desta vez embalada em timbres e batidas eletrônicas.  Flor aponta para um interessante caminho na música brasileira. Single e videoclipe na rua. Agora esperamos por um álbum inteiro. Mais um som para ligar no radinho da sala e dar aquela namorada gostosa.

Sandyalê – Sua

Pop psicodélico sergipano

Sandyalê é mais uma artista que saiu do projeto incubador Labsônica, encabeçado por Constança Scofield e sua turma.  Faixa balançante, percussiva segurando as pontas de uma balada sexy.

 

NDK – O Selenita

Terceiro disco conta com a produção do rapper NILL.

A banda de pop rock NDK acaba de lançar seu terceiro álbum, O Selenita, apostando no já tradicional flerte com o hip hop. Produção caprichada nos beats sob os cuidados do rapper Nill. Atenção para a faixa Vesta, com participação da banda uruguai Cuato Pesos de Propina.

Tim Burguess – Ascent Of The Ascended

Seis faixas novas do líder do The Charlatans

radar

Foto: Cat Stevens

Novo EP do líder do The Charlatans traz belas canções para os fãs.  “Houve uma energia que cresceu ao gravar o álbum com uma banda tão brilhante – eu não queria que acabasse, eu queria capturar um pouco dessa sensação de uma obra prima, e foi assim que Ascent of the Ascended surgiu. Eu sempre quis trabalhar com Charles Hayward de This Heat, então ligamos para ele e ele aceitou. Com “Yours. To Be” sendo quase que um sentimento instantâneo que vem em um momento, raramente na vida – as duas músicas são tão diferentes mas ainda sim elas se complementam. Por isso um EP foi a ideia perfeita. Nós tínhamos muitos planos de tocar ao vivo esse ano – de South by Southwest a Glastonbury, e tudo o que possível no meio disso. Mas não aconteceu. Nós fizemos quatro shows em Nova Iorque antes do confinamento ser anunciado – então nossa sessão para Paper Magazine foi um evento tão raro, que decidimos juntar as músicas para completar o EP.” Contou Tim. Ouça aqui.

Muntchako, Lucas Santtana e Luisa Nascim – Cloroquina Ina Ina

Primeiro lançamento do selo nordestino Caloor

Foto: Janine Moraes

Novo selo brasileiro na praça. O Caloor é dedicado à “música brasileira pra pista de dança temperada com os sabores tropicais das regiões mais quentes do país”. O primeiro lançamento  junta o brasiliense Muntchako com o baiano Lucas Santtana e Luisa Nascim, do Rio Grande do Norte no single Cloroquina Ina Ina .  Vida longa ao Caloor.

Pessoa – Rock da Saudade

Rock baiano tem cara e tempero

O baiano Pessoa lançou o videoclipe quarentener Rock Dá Saudade, com takes gravados em casa e apenas 1 minutinho de duração. A música tem os dois pés fincados no estilo de seu conterrâneo mais famoso, Raul Seixas, tanto no tempero rock´n´roll quanto na inocência bem humorada da letra. Confira.

 

 

 

 

 

 

Jota Wagner

Jota Wagner escreve, discoteca e faz festas no Brasil e Europa desde o começo da década de 90. Atualmente é editor chefe do Music Non Stop e produtor cultural na Agência 55. Contribuiu, usando os ouvidos, os pés ou as mãos, com a aurora da música eletrônica brasileira.

× Curta Music Non Stop no Facebook