kpop4planet

O K-Pop vai salvar nosso planeta? Se depender do engajamento dos fãs, pode contar com isso. Conheça o projeto ambiental Kpop4planet

Jota Wagner
Por Jota Wagner

Fãs de grupos de K-pop se unem para formar o Kpop4planet, fundação destinada a usar o engajamento desta geração para pressionar ações ambientais do governo

O K-Pop é muito rock´n´roll

Eis que vemos o dia em que o K-Pop mostrou atitude mais rock´n´roll e mais punk do que muito fã de cabelo branco e motocicleta poderia supor. Inspirados por seus ídolos, jovens de 98 países (uma base de mais de 100 milhões de pessoas) se unem em torno de um projeto para despertar atenção os problemas ambientais do planeta. Trata-se do projeto Kpop4Planet

O objetivo é aproveitar a capacidade de engajamento dos fãs dos maiores grupos do estilo (os admiradores do grupo BTS se uniram com sucesso com a missão de colocar o single Dynamite em primeiro lugar na parada da Billboard, por exemplo) para aumentar a conscientização dos governos e sociedade civil para as mudanças climáticas.

Inspirados por mensagens e ações de seus ídolos, principalmente de grupos como o próprio BTS e o Blackpink, o Kpop4Planet foi lançado dia 03 de março já como uma ação de apoio à Conferência das Partes sobre Mudanças Climáticas da ONU (COP26), que será realizada em novembro, na Escócia.

kpop4planet

Red Velvet em campanha sobre a qualidade do ar – foto: divulgação

A iniciativa não é novidade na Ásia. Campanhas para adoção de animais em zoológicos e conscientização ambiental são regulares por fãs de determinados grupos.  A novidade é a união em uma grande aliança capaz de chamar muita, mas muita atenção para o tema.

Segundo a estudante nascida na Indonésia Nurul Sarifah, de 21 anos e uma das organizadoras da plataforma, “A mudança climática é a crise de nossa geração. Os fãs de K-pop são principalmente pessoas da geração Z e millennials. Então somos os que serão mais severamente afetados pelas decisões tomadas agora. Lutar pela justiça climática significa lutar pelo nosso futuro.”

Deixar de lado viagens ególatras e a busca incessante pela idolatria para dar lugar a um pensamento mais comunitário talvez seja uma lição que todos nós devemos aprender com esta nova turma. Já “treinados” com base no união faz a força, um exército como este pode sim mudar o mundo.  Em tempo, a analogia não é nossa. Os fãs do BTS se auto denominam “The Army” (O Exército) justamente pela capacidade de mobilização para promover seus ídolos.

“Não podemos ignorar este problema porque muitos fãs do K-pop são adolescentes. Na verdade, o Youth4ClimateAction também tem muitos fãs do K-pop”, explica Nayeon Kim, 24 anos, organizadora da plataforma Kpop4Planet na Coreia e ativista do movimento Jovens pelo Clima (Youth 4 Climate Action).

K-pop é pop. K-pop é punk. K-pop tá bem rock´n´roll.

 

 

× Curta Music Non Stop no Facebook