Dia do hip-hop

Rap brasileiro em quadrinhos, sarau e cinema: a programação da Secretaria de Cultura de SP para o Dia do Hip-Hop

Music Non Stop
Por Music Non Stop

Celebrações do Dia Mundial do Hip-Hop começam nesta terça-feira (07) e se estendem pelas próximas semanas

Às vésperas do Dia Mundial do Hip-Hop (12), as Fábricas de Cultura — instituições da Secretária da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo — trazem uma programação especial relacionada ao tema.

Chama atenção em especial a exposição Rap em Quadrinhos, na qual o ilustrador Wagner Loud e o youtuber Løad Comics colocam personalidades do rap nacional representadas como super-heróis populares. Emicida se torna Miles Morales, o Homem Aranha, enquanto Negra Li pinta como Tempestade, do X-Men, por exemplo.

A mostra começa nesta terça-feira (07), na Fábrica de Cultura Osasco, e terá, na quinta (09), a presença dos seus idealizadores para “um bate-papo sobre as curiosidades e processos de criação em torno das obras”, como diz o release para a imprensa.

Negra Li como Tempestade. Imagem: Wagner Loud/Divulgação

 

Hip-hop

Emicida como Homem Aranha. Imagem: Wagner Loud/Divulgação

No domingo, 12, a proposta não será presencial, mas online. A partir das 14h, através do canal do YouTube das Fábricas de Cultura, será publicado um vídeo que conta toda a história por trás da cultura hip-hop, finalizando “com uma mostra de dança dos ateliês e trilha de longa duração de street dance da Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes“.

No sábado seguinte, 18, das 12h às 14h, o Museu da Língua Portuguesa receberá o 8º Sarau Hip-Hop no Museu. O evento vem sob comando e curadoria do famoso rapper e MC Xis, e traz como convidados o DJ Erick Jay e o fotógrafo The Sarará.

E por fim, no domingo, dia 19, a Fábrica de Cultura Capão Redondo traz programação com figuras-chave do famoso documentário Chic Show. O filme será exibido a partir das 18h30 na Praça João Pais Málio, que também prevê um bate-papo com a equipe de som BILLBOX (organizadora de festas black desde os anos 80), juntamente com os pesquisadores do doc, Guilherme Botelho e Felipe Choco, os diretores Felipe Giuntini e Emílio Domingos e mediação de Márcio Bhering, do Samba da Vila.

Mais informações podem ser conferidas no site oficial das Fábricas de Cultura.

Erramos: o Dia Mundial do Hip-Hop é celebrado dia 12 de novembro, e não 07, como dito originalmente. A informação foi corrigida.

× Curta Music Non Stop no Facebook