Zerou a Netflix? Plataforma oferece centenas de filmes latino americanos de graça. Selecionamos os indispensáveis

Avatar
Por Yasmine Evaristo

A plataforma Retina Latina, criada para divulgar o cinema latino americano, tem um catálogo premiado de filmes disponíveis para assistir de graça em streaming.  Selecionamos as obras indispensáveis para você.

Com o fim das vídeo locadoras e o conforto de assistir seus filmes com um simples clique, em sua TV ou aparelho de celular, os serviços de streaming têm ficado cada vez mais populares. Nas últimas semanas um dos assuntos mais comentados pelas redes sociais era a chegada do Disney + e os títulos oferecidos em seu catálogo. Mas sabemos que muitas dessas plataformas disponibilizam filmes mais centrados na indústria Hollywoodiana. Para quem quer conhecer títulos da América Latina a dica é a Retina Latina.

A plataforma digital foi feita para divulgar o cinema latino-americano de maneira pública e gratuita para os cidadãos da América Latina e Caribe. Os usuários que se encontram nessa região têm acesso a maior quantidade de filmes do catálogo. O registro deve ser feito por um formulário ou por suas contas de Twitter ou Facebook. O site oferece também notícias, resenhas entrevistas e artigos que podem ser acessadas sem o registro na plataforma. Ainda que seu foco sejam as américas 8% do catálogo está disponível para países fora do eixo latino-americano como Estados Unidos, Alemanha, Espanha e Suíça.

Pioneira na divulgação digital da cultura cinematográfica latino-americana

A Retina Latina é precursora no modelo de plataforma digital gratuita focada na circulação da produção cultural da região. Sobretudo pela iniciativa em difundir obras que podem passar desapercebidas em vez de comercializá-las. No ano de 2017 o streaming foi beneficiário do Fundo Internacional pela Diversidade Cultural da UNESCO e reconhecida por essa entidade por seu estudo da cultura em ambiente digital e por ser um projeto pioneiro para fortalecer o mercado cinematográfico latino-americano e consolidar o mercado cultural digital em toda a região.

Desde março deste ano a plataforma ampliou seu alcance disponibilizando o aplicativo gratuito pra mobile na lojas App StoreGoogle Play. Atualmente a Retina Latina também hospeda alguns festivais que acontecem de maneira virtual por conta da pandemia do coronavírus, como o Ciclo de Cine Indígena e o Cine Crea Colombia. Os filmes são divididos em dois gêneros, ficção e documental, mas também por seu país de origem. Para quem quer começar a explorar a plataforma seguem sugestões de longas e curtas-metragens que estão disponíveis no catálogo.

O Banheiro do Papa (2007) | 99 min

No ano de 1988 o Papa João Paulo II faria uma visita a cidade de Melo, no Uruguai. Os moradores locais acreditam que esse evento aumentará as vendas e os tornarão quase ricos. Beto, um contrabandista de bicicletas decide construir um banheiro em frente sua casa e lucrar com o os transeuntes que precisarem usá-lo.

Mas a vida não deixaria que esse plano se realizasse sem contratempos, logo Beto se encontra em diversas confusões que dificultam a execução de seu plano. Apesar das desventuras vividas pelo protagonista o filme foca em mostrar a face da pobreza no pequeno povoado e as maneiras que os moradores usam para driblar a dificuldade financeira na tentativa de terem uma vida digna.

O longa dirigido por Enrique FernándezCésar Charlone (diretor de fotografia de Cidade de Deus) é baseado no livro de mesmo nome do escritor brasileiro Aldyr García Schlee.

O filme está disponível com áudio original em espanhol, mas sem legendas.

Alias ‘La Gringa’ (1991) | 92 min

Alias la gringa Retina Latina

Em Alias ‘La Gringa’, Alias (Germán Gonzales) se encontra em fuga da prisão, perto de sair do país, porém seu companheiro de cárcere – um professor que salvou sua vida – está precisando de ajuda. Assim, o fugitivo decide voltar e ajudá-lo a escapar em meio ao motim de um grupo terrorista. Logo a tentativa de fuga se torna uma questão de sobrevivência.

Lançado em 1991 o drama peruano dirigido por Alberto Durant chegou a ser selecionado como representante do país no Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 1992.

O filme está disponível com áudio original em espanhol, mas sem legendas.

Cuando Cierro Los Ojos (2019) | 63 min

cuando cierro los ojos Retina Latina

Adela e Marcelino, assim como inúmeros falantes de línguas indígenas compartilham da mesma injustiça. Eles foram processados pelo sistema judicial do México sem direito a um intérprete.  Através de sonhos e recordações que guardam de sua terra e seus conterrâneos os encarcerados externam suas perturbações diante da exclusão de suas vozes e da falta de oportunidade em contar suas versões dos fatos.

O documentário trata do racismo sistêmico que atravessa a sociedade e as práticas legais e que excluem a população indígena. O diretor usa de depoimentos em off ilustrados por imagens de encarcerados ou de pessoas livres para retratar as lembranças, mas também as resistência e a esperança que resta nos entrevistados.

O filme está disponível com áudio original e legendas em espanhol.

El Primo Del Norte (2017) | 20 min

El primo del norte Gogol Bordelo Retina Latina

Esse documentário é para todos aqueles que gostam da banda Gogol Bordello. Após vinte anos Pedro Erazo, músico equatoriano, reflete sobre sua vida após a mudança para os Estados Unidos. Morando no Brooklyn, em Nova Iorque, o cantor e compositor contempla como esse deslocamento influenciou sua música, sua visão artística e sua vida pessoal.

O percussionista da Gogol percorre em poucos minutos sua trajetória em um país estrangeiro e como aprendeu diante das dificuldades e preconceitos a direcionar seus sentimentos e suas ideologias para a arte. O documentário conta também com o depoimento de familiares e amigos que acompanharam presencialmente ou à distância o amadurecimento de Erazo.

O filme está disponível com áudio original em espanhol, mas sem legendas.

Yu’ Luuçx (2017) | 24 min

Yu' Luuçx Retina Latina

Yu’ Luuçx significa “filhos da água” na língua do povo Nasa, comunidade indígena que se encontra na região norte do Vale de Cauca (Colômbia). Neste documentário em curta-metragem o diretor Gustavo Ulcué Campo aborda não apenas a relação desse povo com as águas como recurso, mas também como espaço de espiritualidade.

Em um breve documentário sobre ancestralidade e meio ambiente Gustavo consegue emocionar o espectador. Ele consegue isso com a captura de belas imagens de Cauca e também com os relatos feitos por indígenas da região. A mensagem que atravessa o documentário é sobre a importância de valorizar, cuidar e se relacionar com a natureza.

O filme está disponível com áudio original e legendas em espanhol.

Medias Blancas (2017) | 15 min

Medias Blancas Retina Latina

O diretor e diretor de fotigrafia colombiano Andres Isaza Girlado dirigiu em 2017 seu primeiro curta-metragem, intitulado Medias Blancas. O jovem Inácio saiu da casa de seus pais para ir à universidade e se sente deslocado da vida cotidiana a qual estava acostumado. Dessa forma o rapaz se encontra em um dilema pessoal que é reflexo de seu processo de adaptação, ele quer que suas meias voltem a ser brancas.

Ambientado em espaços da rotina de um jovem universitário, seu alojamento e uma festa na casa de amigos, toda a preocupação de Ignácio simboliza o amadurecimento dele em uma vida distante da família. Atualmente Andres está produzindo seu segundo curta, Sereno (2020).

O filme está disponível com áudio original em espanhol e legendas em inglês.

ÉGUN – Os Mistérios do Mar (2015) | 13 min

égun retina latina

Este curta-metragem brasileiro é uma animação dirigida por Helder Quiroga. Sem diálogos o desenho animado resgata das relações ancestrais afro-brasileiras com a vida e a morte. Um pescador vai ao mar e nesse momento se depara com a memória de seu pai, já falecido. Assim, entre lembranças pessoais e sua relação com a rainha do mar a história se desenvolve.

O curta aborda de maneira poética o culto a Iemanjá e ora discute os altos e baixos da vida relacionando-os ao mar ora aborda a relação homem/natureza. No elenco encontramos nomes como Sergio PererêCarla Gomes.

× Curta Music Non Stop no Facebook