‘Tecnobrega possui sonoridade muito própria’ diz Jaloo, atração do festival Se Rasgum em São Paulo

Por Itaici Brunetti

 

Indie rock, eletrônica, guitarrada, pop e tecnobrega são alguns dos ritmos que compõe a primeira edição paulistana do festival paraense Se Rasgum. Comemorando 15 anos de história, o evento acontece nesta sexta, 13, no Tropical Butantã, Zona Oeste de São Paulo, com shows de encontros inéditos.

No line-up, o cantor paraense Jaloo (foto) convida a cantora, compositora e multi-instrumentista baiana Jadsa Castro para se juntar ao palco. Os queridinhos do indie, Terno Rei, recebem a Tuyo para um momento especial, e o duo Strobo traz  Luiza Lian para o seu show. Outro encontro esperado é o do compositor e multi-instrumentista Manoel Cordeiro com a Orquestra Aerofônica.

Em conversa com o Music Non Stop, Jaloo adianta como será o encontro com Jadsa Castro no festival: “Eu não a conhecia pessoalmente, mas já tinha ouvido as músicas e gostado muito. Espero que no show eu consiga mostrar o quanto trabalho de Jadsa é valioso. Estamos ensaiando e fazendo uns números bem bonitos para sexta. Posso dizer que conseguimos juntar as sonoridades”.

Também vindo do estado do Pará para São Paulo, o cantor celebra a realização do Se Rasgum na capital paulista. “O festival acaba sendo um cartão de visita. Trazemos um pouco da diversidade do evento para São Paulo, que é uma cidade com bastante apelo logístico, de mercado e de imprensa. Então, é importante para nós da região Norte poder mostrar do que somos capazes para um número maior de pessoas que, em um futuro, possa nos visitar e conhecer o festival por completo”.

Considerado um dos melhores festivais do Brasil pela revista Bravo, o Se Rasgum já teve 14 edições de sucesso realizadas em Belém, pela Se Rasgum Produções. Em 2019, Gal Costa, Nação Zumbi, Àtooxxá, Boogarins, Mulamba, Maglore e Rakta foram alguns dos muitos artistas participantes.

 

 

Assim como Gaby Amarantos, Jaloo é considerado um dos precursores do tecnobrega, gênero musical que vem conquistando o Brasil e se popularizando desde que surgiu. O sucesso recente de Duda Beat, por exemplo, que une o estilo ao pop, é uma prova disso.

“É um gênero inédito e de sonoridade muito própria. As pessoas percebem logo de cara quando começa a tocar tecnobrega nos lugares”, afirma Jaloo antes de dizer porque o gênero conquista tão facilmente as pessoas: “Acho que o segredo está na questão tropical; tem uma batida quente, quebrada e envolvente”.

Na apresentação que fará no Se Rasgum, o cantor apresentará um repertório baseado em seu mais recente álbum, ft, de 2019, onde chamou vários artistas para colaborar nas faixas. Participam do trabalho, Gaby Amarantos, Dona Onete, Céu, Karol Conká, Lucas Santtana, MC Tha, Lia Clark e mais.

Sobre o trabalho, ele resume: “Consegui realizar todos os meus sonhos em relação a participações”.

 

 

SERVIÇO:

Festival Se Rasgum SP

Data: 13 de março (sexta-feira)
Local: Tropical Butantã
Endereço: Av. Valdemar Ferreira, 93 – Butantã, São Paulo
Horário: 22h (primeiro show)
Abertura da Casa: 21h (DJ)
Ingressos: R$ 35,00 (primeiro lote – meia solidária/estudante)
Link de vendas: bilheto.com.br
Classificação: 18 anos

× Curta Music Non Stop no Facebook