space tribe

De pioneiro gótico a ídolo trance. A relação de Olli Wisdom, o Space Tribe, com o Brasil.

Por Paulo Enge

De pioneiro gótico a ídolo do psytrance, Olli Wisdom, o Space Tribe, tem uma longa e apaixonada história com o Brasil. O DJ e produtor nos deixou recentemente.

Paulo Enge, fundador do núcleo de festas Cosmic Crew, conta suas memórias e a relação com o Space Tribe.

Ainda me lembro dos anos 90 como se fosse hoje… As minhas primeiras raves, o sentimento de estar fazendo parte de algo novo e que iria mudar a vida de todos ali para sempre. A primeira vez que desci as escadas da Galeria América, adentrando os portais psicodélicos do projeto Klatu Barada Nikitu. O choque visual foi inevitável: era tudo muito colorido, todos usando roupas com estampas fluorescentes e dançando freneticamente ao som hipnótico do Goa Trance. Ali encontrei a verdadeira Space Tribe

Olli Wisdom

Space Tribe – foto: reprodução Instagram

E, claro, também me lembro da primeira vez que eu escutei Space Tribe. Do lendário álbum Religious Experience, cuja arte de capa era a figura de um papa como Dj comandando o dance floor da primeira edição do Trancendence Festival, em Alto Paraíso, Goiás. Da track “You Create Your Own Reality“. Da sua marca de roupas, Space Tribe, que exalava psicodelia em forma de cores. Da última edição do Universo Paralello Festival, onde dei de cara com o Olli no camping dos artistas e tremi mais que vara verde!

Olli Wisdom nos deixou no último dia 23 de de agosto. Foi cedo, com apenas 63 anos. E fez muito para música durante sua vida, muito além do psytrance.

 

 

Olli foi um dos responsáveis pelo histórico Club BatCave, berço da cena post punk e gótica da Inglaterra, no início dos anos 80.  Nomes como Robert Smith (The Cure), Marc Almond (Soft Cell), além de integrantes do Bauhaus, Siouxsie and the Banshees e muitos outros eram figuras frequentes por lá. Além de fundador do Club, também foi vocalista da legendária banda Specimen, uma das pioneiras da subcultura gótica do Reino Unido dos anos 80.

Olli Wisdom no Batcave

Olli no Batcave em Londres – foto: divulgação

Nos anos 90 chegou a Goa, Índia, onde foi um dos pioneiros a tocar e organizar festas eletrônicas por lá. Começava ali sua longa história com o psytrance. Viajou o mundo tocando em festivais e levando sua música para várias gerações ravers. Lançou mais de uma dezena de álbuns e diversas tracks em compilações variadas.

Não consigo pensar em uma figura que tenha representando mais a cena psytrance do que o Olli. Ele era pura arte! Suas apresentações sempre foram incríveis. Um misto de alto astral, boa música e um visual sem igual. Um verdadeiro show man! Um cara que desde o início da cena até os dias atuais sempre manteve uma carreira impecável. Nunca deixou de ser relevante e amado por todos. Foi gigante. Marcou seu nome na história desde os clubs escuros da época post punk e gótico até o mundo colorido e psicodélico dos festivais de psytrance.

Olli Wisdom, infelizmente, não está mais fisicamente entre nós. Mas sua obra é eterna e ainda será trilha de muitas aventuras dançantes em festas em florestas mundo afora…

× Curta Music Non Stop no Facebook