O Reino de Beyoncé – 80 mil abelhas e mais 6 fatos que você provavelmente não sabia

Jota Wagner
Por Jota Wagner

Ter duas colônias de abelha em sua casa, aproveitando-se inclusive do trocadilho feito com sua comunidade de fãs, auto denominadas “beyhives”, foi a curiosidade do final de semana. Mas não é a única.

Beyoncé declarou à Vogue britânica neste domingo (01) ter 80 mil abelhas em sua casa, criadas para abastecer suas duas filhas com mel, uma vez que Blue Ivy e Rumi tem “alergias terríveis” e as propriedades do mel ajudam a aliviá-las. O assunto se espalhou pelo mundo virtual feito uma cena de O Enxame, filme de Irwin Allen de 1978.

Suas súditas produzem “centenas de jarros de mel por ano”, segundo informou a cantora, e ainda lhe rendeu um vasto buzz na imprensa, assunto replicado instantaneamente por revistas do mundo tudo, e um trocadilho mais do que perfeito.  Conhecida como Queen B (Bee é abalha em inglês), Beyoncé tem uma comunidade de fãs da cantora se denomima “beyhives“. Beehives, em português, significa colmeias.  Ora, pois.

Rainha do Pop, do lar e de uma colônica de incansáveis produtoras de favos de mel, a grandiosidade de Beyonce é recheada de fatos interessantes e números de cair o queixo. Filha de um executivo da indústria musical, casada com Jay Z e mãe de uma das artistas mais jovens a escalar as paradas da Billboard (Blue), a estrela tem lançado recentemente os melhores videoclipes de sua carreira, em produções assombrosas como Brown Skin Girl, de agosto deste ano e Already, de julho. Beyoncé manja sim dos parnauês.

 

Beyoncé foi a primeira mulher negra a ser atração principal do festival Coachela. Foi a única a ter seis lançamentos consecutivos como número 1 na Billboard, incluindo seu disco de estréia. Junto com Mariah Carey, são as únicas a ter um hit em primeiro lugar em quatro décadas diferentes. Beyoncé tem no currículo a façanha ter dado crash não em uma, mas em duas redes sociais diferentes quando anunciou sua gravidez: o Instagram e o Twitter.

O Music Non Stop separou alguns fatos curiosos que exemplificam o tamanho da influência da cantora pelo globo, alem de dar pistas de sua história que dão o fim da meada da construção do seu império.

Cachê de 1,25 milhões de Libras para cantar 5 minutos em festa de ditador líbio

Beyoncé entrou para os livro dos recordes ao topar um contrato de 1,25 milhões de libras (não, você não leu errado… um vírgula cinco MILHÕES de LIBRAS!!) para se apresentar por 5 minutos (você também não leu errado, 5 MINUTOS!!) em uma festa privada em uma praia de de Saint Barts. Uma festa desta não foi dada por um dono de supermercado. O rolê era do filho do ditador líbio Muammar al-Gadafi, Mutassim.

A festa com dinheiro sujo veio à tona quando Nelli Furtado contou à ABC que descobriu ter sido contratada por Mutassim para uma apresentação similar em um hotel na Itália. Ao saber quem era o contratante, doou o dinheiro.  Um dia depois da entrevista, os assessores de Beyoncé divulgaram que a cantora faria o mesmo, doando todo o cachê para uma fundação de apoio aos refugiados do Haiti.

Beyoncé tem um lance com o número 4

Diversos acontecimentos importantes na vida de Beyoncé aconteceram no dia 04, o que faz do número seu predileto.  O seu aniversário, o de sua mãe do marido e também o dia do casamento foram todos no quarto dia dia do mês.

Beyoncé e Jay Z tem o algarismo romano IV (quatro, né) gravado em suas alianças e os fãs dizem que o segundo nome de sua primeira filha Blue IVy, também tem a ver com a fissura pelo número.

Quando criança, Beyoncé venceu mais de 30 concursos de talentos

Girls Tyme, o primeiro grupo de Beyoncé

O pai de Beyoncé, Mathew Knowles, sempre mostrou que não estava de brincadeira quando a história era inserir as filhas Beyoncé e Tina na industria do entretenimento.  O empresário cuidou da carreira do Destiny´s Child, primeiro grupo da filha mais famosa e também de sua carreira solo até 2011.

Beyoncé venceu mais de 30 concursos juvenis. Participou aos 12 anos do nacionalmente conhecido Star Search (o Ídolos deles) junto com seu primeiro grupo Girls Tyme, também criação do pai.

Beyoncé apadrinhou dupla de irmãs que agora está no radar da Disney

Chloe & Halle

Através de vídeos no Youtube e indicações de sua Beyhive, Beyoncé conheceu a dupla de irmãs Chloe & Halle. A dupla faz parte do reservadíssimo casting da gravadora da rainha, Parkywood.  O selo tem apenas três artistas, sendo que um deles é a própria patroa.

Chloe & Halle lançaram um álbum bastante elogiado pela crítica. Começaram a carreira publicando alguns covers no Youtube e foi um da Beyoncé que despertou a atenção da cantora. Alem de mandarem bem no R&B, a dupla de irmãs também a atua e entraram no radar da Disney já a um tempo. No ano passado, Halle foi anuncida como a voz da sereia Ariel, na versão live action.

Seu treino vocal consiste em correr cantando

Pasmem. Parte do treino vocal de Beyoncé é correr mais de 1 quilômetro e meio cantando! A técnica maluca foi inventada pelo pai, mas continuou depois que a cantora seguiu sua carreira sem ele.  Seu treinador atual uma vez comentou à revista Insider que se impressionou vendo a cantora correr e cantar um álbum inteiro debaixo de um calor intenso no estado da Georgia (EUA).

Beyoncé é bastante ligada em arte

A cantora é apaixonada por obras de arte e em particular pelo Museu do Louvre, em Paris. Nos últimos dez anos Beyonce já visitou o museu quatro vezes, além de alugá-lo para a locação de um vídeo com Jay Z,  Apesh**t .

O sucesso do vídeo fez com que o Louvre ganhasse duas vezes. Além do valor da locação, o museu bateu seu recorde de visitações por ano, chegando a 10 milhões em 2018.

 

× Curta Music Non Stop no Facebook