o cangaceiro do futuro Netflix

O Cangaceiro do Futuro. Netflix produz série nacional inspirada em Lampião e temperada com toques de Dom Quixote

Por Sergio Borin

Netflix produz série que mistura Lampião e Dom Quixote.

A figura do Lampião é uma das mais icônicas da cultura brasileira, e é sobre a trajetória dele que a nova produção da Netflix vai abordar. A série de comédia, intitulada como “O Cangaceiro do Futuro”, contará com o trabalho dos atores Edmilson Filho e Chandelly Braz nos papéis de protagonistas da obra.

A produção, encabeçada pelo diretor Halder Gomes (de “Cine Holliúdy”), foi majoritariamente filmada na cidade de Quixadá, no Ceará, e finalizada em São Paulo. O elenco da comédia conta com nomes de peso: Chandelly Braz, Dudu Azevedo, Frank Menezes, Fábio Lago, Evaldo Macarrão, Haroldo Guimarães, Max Petterson, Valéria Vitoriano, Solange Teixeira e Carri Costa estarão na trama com DNA Cearense.

A história será contada através do Virguley (Edmilson Filho), personagem frouxo e com trejeitos imorais, que vive em São Paulo com objetivo de voltar com o bolso cheio de grana para a terra natal, o nordeste brasileiro. Aproveitando os traços parecidos com o Lampião, o protagonista vive de bicos interpretando a figura icônica do marido de Maria Bonita em shows públicos nas praças da terra da garoa. Depois de levar uma surra durante uma confusão, o Virguley entra na fantasia de viver na pele o cangaço de 1927, sendo confundido pela população local com o Lampião original. Acostumado a “viver” como tal, aproveita para tirar vantagem da farsa. Virguley junta-se com outros personagens ainda mais inusitados, e acaba se apaixonando pela Mariá (Chandelly Braz), conseguindo o que ele sempre buscou: dinheiro, fama e poder. E se você gosta de plots, “O Cangaceiro do Futuro”, é para você. Até porque o verdadeiro rei do cangaço não iria deixar barato um farsante deitando e rolando em suas custas. 

O diretor geral, criador e também cearense Halder Gomes conta como é trabalhar com a cultura do nordeste novamente: “É um orgulho levar um símbolo da história e cultura do Nordeste para vários cantos do Brasil e do mundo. O universo do cangaço é um oceano inesgotável de inspiração e um desejo antigo de levar ao público um olhar particular da comédia sobre o assunto. A série traz o resgate histórico de um dos personagens mais famosos do sertão nordestino, em colisão com um modo –  sobrevivência – contemporâneo representado por Virguley. E tudo isso com muito humor e originalidade! Ver um projeto desta dimensão acontecer no Ceará – com seu impacto econômico, cultural, turístico e artístico -, me remete ao início da minha carreira no audiovisual quando sonhava com uma Hollywood em casa pra não ter que deixar a terra natal“,  destaca. 

A série é dirigida por Halder Gomes e Glauber Filho e conta com o roteiro produzido pela genialidade do time Chico Amorim, Paulo Leierer, Clara Deak e Halder Gomes. Com produção de Mayra Lucas e Carolina Alckmin, pela GLAZ Entretenimento, responsável por Tô Ryca! e Cabras da Peste (Netflix) foram campeões de bilheteria no cinema ou ficaram no Top 10 dos serviços de streaming não só no Brasil, mas em vários países do mundo.

A série está prevista para ser lançada no segundo semestre desse ano e  terá sete episódios de aproximadamente 30 minutos cada.

 

× Curta Music Non Stop no Facebook