NoPorn

Novo single de NoPorn retrata as delícias de uma noite selvagem da qual sentem saudades

Bruna Moura
Por Bruna Moura

Prestes a lançar single de estreia do novo álbum, batemos um papo delicioso com essa dupla que toca retratos de festas como vivíamos antes da pandemia, cheia de encontros e sexualidade.

A visão poética sobre a noite nas composições de Liana Padilha se manteve implacável durante os quase vinte anos de história do NoPorn, retratando em suas músicas a sexualidade, o ritmo desenfreado e a exaltação das festas que frequentava. De lá pra cá, muitos aspectos sociais e culturais se desenvolvem e modificam as influências sonoras que percorrem nas veias da vocalista que sempre esteve em torno das artes, seja na moda, pintura ou poesia. Foi em um desses encontros que a arte proporciona que há 3 anos ela se uniu à Lucas Freire, pintor e músico que já carregava uma bagagem enorme de suas bandas como a Dorgas e Séculos Apaixonados.

“O NoPorn se reposicionou e fez uma curva bem aguda com sonoridades diferentes. Trazendo na bagagem o que escutamos atualmente, Indie Rock e House com certeza fazem parte das novas influências. Mudamos os equipamentos, o músico e nem tentamos seguir a mesma linha dos primeiros álbuns, com uma pegada mais século vinte um e Rio de Janeiro.” diz Lucas sobre a atual sonoridade do NoPorn, que assume a música eletrônica brasileira com influência igualmente diversificadas, por tudo que estavam ouvindo e compondo, em um processo muito livre de contínua construção.

O novo single Geleia de Morango, com lançamento no dia 26 de Fevereiro, faz parte do próximo álbum do NoPorn ainda sem data prevista. A música segue a celebração de uma noite selvagem, sob o tom nostálgico e horas melancólicas de quem ficou tantos meses sem sair de casa, ainda assim de maneira enérgica e dançante como quem está louco de vontade de se acabar em uma pista novamente. A composição é anterior à medida de distanciamento social, o que fez dela para a dupla um símbolo de virada, um hino do que foi a noite e que ainda será. 

“Estamos exatamente na ruptura entre o que era e o que vai ser, nós estamos vivendo esse momento romântico que você pode sair de casa e pegar um negócio e morrer, não precisamos mais transar para que isso aconteça.” disse Liana ao comparar o momento da pandemia à lembrança do surto de contágio de HIV dos anos 80.

Liana está na noite desde os 13 anos de idade e viu muitos dos seus ídolos morrerem de AIDS. Pessoas das quais ela admirava a inteligência, liberdade de expressão e suas multi-sexualidades. Comportamentos que influenciam diretamente a linguagem e abordagem das letras do NoPorn que hoje emplacam no público jovem que já vem com essa liberdade de berço, mais livres de culpa e preconceitos e que mesmo assim ainda enfrentam esses antigos tabus.

“Tudo é sobre sexo e encontros, a poética do NoPorn é essa. A noite tem uma magia que mexe com a emoção, construímos uma família e nos relacionamos com as pessoas de uma forma telúrica. Elas estão vivenciando aquela noite como se fosse o fim de uma coisa e na nossa música retratamos isso, sintetizando essa busca que ocorre na noite.”, complementa Liana.

Lucas, que produziu todo o terceiro álbum, diz que “Geleia de Morango fala de uma noite arquetípica e intensa”, pois é cheia de variações que imitam o acender e apagar das luzes da boate para uma última dança. Isso abre o apetite para o álbum completo que vem por aí, carregando a entrega total dos músicos que enquanto estavam em quarentena lapidavam a produção das músicas.

“Agora temos um componente literário ainda mais forte que os anteriores, cheio de altos e baixos. O single Geleia de Morango carrega a energia do disco e a melancolia do momento, mais íntimo e romântico.” complementa a compositora sobre a nova rotina do processo criativo que envolveu os dois no estúdio durante meses sem sair de casa.

Luca Lauri, antigo membro do NoPorn, teve participação ativa em todo o processo. Segundo a dupla, ele sempre contribuiu com feedbacks necessários e sua opinião se tornou fundamental para que seguissem, já que antes a pista era o palco de testes e continua indisponível.

NoPorn

Capa disco Geleia de Morango, No Porn

Fora das pistas por enquanto, a dupla cumpre agenda de shows online e o próximo será uma seleção de faixas lado b com transmissão no canal dele no YouTube no dia 12 de março às 20h e prometem algumas faixas inéditas no repertório.

Em forma de convite para ouvir o lançamento em todas as plataformas de música digital e fazer parte de uma noite selvagem com merengue e espanto, Liana disse:

“Nós fizemos um álbum dentro do quarto, fizemos pensando em tudo isso e concluímos que a festa está dentro da gente.”

 

× Curta Music Non Stop no Facebook