dia do jazz

No dia do Jazz, ouça 5 DJs tocando sets especiais que apresentam a evolução do estilo e seu namoro com a música eletrônica

Jota Wagner
Por Jota Wagner

No dia em que comemoramos o Jazz no mundo todo, o Music Non Stop separou para você 5 sets mais do que especiais para você apreciar o estilo, e dançar na sala!

Amado, respeitado, venerado. O gênero musical negro americano surgido no começo do século XX e se tornou referência do que a música pode se tornar quando o músico definitivamente transfere ao instrumento sua alma, tem o sua data internacional, o Dia do Jazz, comemorado dia 30 de abril.

Se ainda há algum purista no mundo, que saiba que o jazz, além de ter influenciado do samba ao rock passando por todo e qualquer sub vertente da black music, também evoluiu e foi absorvido por produtores que usam instrumentos eletrônicos para compor.

Nu Jazz, Acid Jazz, tem vertente para todo e qualquer gosto musical, humor ou hora do relógio.

O Music Non Stop, para celebrar este dia, cuidadosamente selecionou para você cinco sets impecáveis de DJs que giram em seus disco desde as faixas mais clássicas às novidades fundidas com a batida 4 x 4.

Desfruta!

Adriana Arakake – Faxina

dia do jazz

A DJ e nossa colunista Adriana Arakake fez sua estreia no Juca Jazz deste ano – foto: divulgação

A prata da casa (nossa colunista para assuntos jazzísticos) Adriana Arakake é uma das mais celebradas DJs de São Paulo, residente dos bares Chacrinha e Paribar. Dona de um conhecimento invejável e com um talento único para faixas ao mesmo tempo clássicas e dançantes, a DJ fez um set especial para o Music Non Stop, na série Faxina.

 

DJ Scruscru – Juno Guests

O russo Anton Bogomolov, codenome DJ Scru Scru, foi indicação da amiga Karol Schaefer do site Alataj, que publicou uma matéria sobre o obscuro discotecário que já lançou pelos labels Vesna, Lomata e Slothboogie, entre outros. Seu set, feito a convite da loja inglesa Juno,  passa pelo Nu Jazz com pegada fusion e um pé no kitch. Mais Rússia, impossível.

Jazzcat – Mixcloud Sessions

O DJ Jazzcat é de Pescara, Itália, batizado pela Mama de Maximiliano Conti. Jazzcat tem uma ativa vida na plataforma de DJ mixes Mixcloud, com mais de 500 episódios publicados. Jazz clássico, indicado por José Mario Correia, leitor e companheiro de pista a décadas.

DJ Anthony – Nu Jazz no Parque

DJ Anthony faz um set de jazzy house com pegada cool e muita influência do fusion,  bom para entender como a música eletrônica absorveu a escola jazzística para incrementá-la ao ritmo das pistas.  “O projeto Nujazz no Parque é um projeto criado pelo coletivo de Djs Ohmkollektiv que leva sets de Djs e músicos á parques da cidade. Uma vez por mês, totalmente gratuito. Além disso o coletivo tem a revista virtual Ohm Music Magazine que fala de música atual” nos conta o DJ de Belo Horizonte Leo Mille, um dos idealizadores do projeto.

 

Dimitri Donaggio – NuJazz no Parque

Em outro set gravado no projeto NuJazz No Parque, Dimitri Donaggio explora o lado mais, digamos, clássico do Nu Jazz e Acid Jazz, voltado para as batidas quebradas. Vale o show.  Donaggio encabeça projetos como o Tropical Punk, Sex Machine, God Is Gay e La Santa Sangre (podcast que difunde sessões de psicomagia com sonoridade/ estética experimental).

 

 

Jota Wagner

Jota Wagner escreve, discoteca e faz festas no Brasil e Europa desde o começo da década de 90. Atualmente é editor chefe do Music Non Stop e produtor cultural na Agência 55. Contribuiu, usando os ouvidos, os pés ou as mãos, com a aurora da música eletrônica brasileira.

× Curta Music Non Stop no Facebook