Music Non Stop e Eataly fizeram o jantar dançante mais legal do mundo com Gui Boratto no som e menu delicioso

Claudia Assef
Por Claudia Assef

Fotos e vídeo Sidinei Lopes

Quando tocou o ítalo-rap Ma Qual Ideia?, do italiano Pino D’Angiò, no começo do jantar em parceria entre o Music Non Stop e o Eataly, na última quarta (24), os 80 comensais acomodados nas mesas montadas no andar térreo do centro de gastronomia começaram a dançar com os ombrinhos, enquanto degustavam as entradas feitas com capricho pelos chefs José Barattino e Ligia Karazawa.

IMG_0093

O que se seguiu foi uma profusão de sabores, sentidos, sensações e sons, tudo elevado à potência máxima. A começar pela explosiva mistura de um menu maravilhoso, que foi criado pelos chefs a partir de uma conversa sobre memórias gastronômicas com o artista convidado da noite, o produtor paulistano Gui Boratto. Foi após esse papo com os chefs sobre suas comidas favoritas que surgiu o cardápio composto por cogumelos grelhados no limão e tomilho, bruschetta de queijo cremoso, escarola e amêndoas e focaccia de prosciutto com confitura de figo e rúcula. Tudo isso só de aperitivo, assim como foi o set appetizer desta que vos escreve, fragmentado em várias faixas de ítalo-disco, uma predileta da casa, disco-funk, hip house, disco music, soul, techno lentinho e outras delícias eletrônicas.

eataly-claudia-assef

A DJ appetizer Claudia Assef entre dois retornos possantes da Pure Groove

Uma preocupação enorme da gente era com relação ao som, conseguir o equipamento certo para oferecer a melhor experiência nos quesitos volume e “gordura” (já que estamos falando de comida) sem ter que abusar de decibéis. Porque não há coisa mais chata do que música mal-equalizada e alta enquanto você está tentando jantar e conversar.

IMG_0038

Foi com esse pensamento que o Gui sugeriu o soundsystem perfeito, que, além de lindo, tem uma capacidade de amplificar o som de forma cristalina, porém com o peso necessário. As caixas laranja da marca Pure Groove foram montadas pela equipe Synergy Sound Systems numa disposição quadrifônica que possibilitou que, sim, rolasse uma pista de dança, sem impedir que quem quisesse só ficar de papinho nas mesas o fizesse.

IMG_0443

A mesa do DJ foi totalmente integrada ao ambiente do Eataly e montada como se fosse uma barraca de comida. Ao lado dela, os chefs e assistentes usavam outra barraca para finalizar os pratos na frente do público. O primeiro prato, um ravioli de camarão ao curry, estava tão delicioso quanto parece nesta foto.

eataly

Os chefs Ligia Karazawa e José Barattino ficaram se alternando entre a cozinha e o posto de finalização dos pratos, onde ficavam curtindo a seleção de músicas. Como prato principal, um entrecote grelhado apenas maravilhoso. Dá uma olhada.

IMG_0219

À essa altura, Gui já estava pronto para assumir o comando, diante de seu pai, o mais simpaticão e elegante da noite, que estava vendo pela primeira vez o filho tocar. A família Boratto veio em peso, todos muito queridos e animadíssimos! Tão de parabéns!

gui-boratto-eataly

A chef Ligia Karazawa, Jorge (o pai), Silvana e Alessandra Boratto

E uma noite como essa não poderia ter sido perfeita não fosse uma variedade de bebidas que íam de um digníssimo vinho italiano Già Fontanafredda a dois bares de drinks, um de Apperol e outro de vodca Absolut. Só posso dizer que o pessoal ficou bem… animado.

Um pouco antes da sobremesa, uma pannacotta maravilhosa, servida com calda de laranja, Gui Boratto assumiu o seu posto na “barraca do DJ”. Como todo mundo já satisfeito, foi a deixa perfeita para o início de uma pistinha bem na frente da cabine, de onde as pessoas filmaram e tiraram pencas de foto do Gui de pertinho.

gui-boratto-eataly

O trio da noite: Gui Boratto e os chefs José Barattino e Ligia Karazawa

E o que ele fez com nossos corações, já inebriados por tanta coisa boa, foi lindo. Tocou hits que a gente adora, remixes, usou os graves com maestria e botou tudo mundo pra dançar, ali mesmo, dentro do restaurante. A festa foi tão linda que ninguém queria ir embora, claro. A boa notícia é que faremos outras! Auguri!

LEIA TAMBÉM A RESENHA CLUBBER PIRADA DE EDU CORELLI SOBRE O JANTAR

Enquanto o próximo jantar não chega, fique com a galeria de fotos desta noite que, como diria o grupo da disco music Shalamar, foi uma night to remember.

 

 

 

× Curta Music Non Stop no Facebook