Heliópolis

Instituto Baccarelli, da Orquestra Sinfônica de Heliópolis, é indicado a premio internacional por ações na pandemia.

Jota Wagner
Por Jota Wagner

Instituto Bacarelli angariou fundos para os moradores de Heliópolis durante a pandemia através de lives com orquestra de moradores

Durante todo o período da pandemia a comunidade de Heliópolis, cuja população chega a 200 mil habitantes, foi amparada com música e solidariedade.

A Orquestra Sinfônica de Heliópolis, criada em 1996 após um incêndio na comunidade, foi a primeira orquestra com moradores de uma favela no mundo.  Hoje dirigida por um dos maiores maestros da atualidade, Isaac Karabtchevsky. a sinfônica foi criada pelo Maestro Silvio Bacarelli.

A sinfônica atingiu renome internacional. No vídeo abaixo, por exemplo, vemos uma apresentação no II Congresso de Cultura Ibero-americano.

O Instituto Bacarelli, organização que atua em diversas frentes (uma delas, a educação musical), vêm realizando ações durante toda a pandemia para diminuir o sofrimento de famílias carentes. Foi uma de suas campanhas masis recentes, a Tocando por Heliópolis, que rendeu uma indicação ao prêmio NEXT Innovation Award, promovido por profissionais da música baseados em Berlim.

A Sinfônica tocou por Heliópolis em lives que pediam doações aos expectadores para ajudar as famílias impedidas de trabalhar durante o lockdown. A entrega do prêmio acontece dia 26 de setembro em Roterdã. O projeto paulistano compete com outras importantes ações de inovação de diversos países do mundo.

Instituto Baccarelli

Maestro Isaac Karabtchevsky – foto: divulgação

Conheça mais sobre o Instituto Baccarelli

“Das cinzas de um incêndio, em 1996, nasceu a primeira orquestra em uma favela do mundo, a Orquestra Sinfônica Heliópolis, que hoje conta com a direção artística e regência de um dos maiores maestros da atualidade, Isaac Karabtchevsky. A partir de uma iniciativa solidária do Maestro Silvio Baccarelli, há 24 anos surgiu uma das principais organizações sem fins lucrativos e não governamentais do Brasil, dedicada à área cultural, social e educacional.

​Agente de transformação social por meio da arte, o Instituto Baccarelli utiliza o ensino musical gratuito e de excelência como ferramenta para promover a inserção de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade em uma realidade mais otimista. Por meio do poder educador da arte, contribui com desenvolvimento social e oferece aos alunos a oportunidade de profissionalização musical.

A iniciativa que começou há 24 anos, com aulas de instrumentos de cordas para apenas 36 crianças em um espaço no próprio auditório do fundador, passou por uma instalação em uma antiga fábrica de sucos até conquistar a sua sede própria na Comunidade de Heliópolis. Em uma área de 5 mil m², atende anualmente mais de 1.200 crianças e adolescentes a partir dos 4 anos de idade, e conta com 16 turmas de musicalização infantil, 13 corais, 48 turmas de coletivos de instrumentos e 4 orquestras.”

 

 

× Curta Music Non Stop no Facebook