Ingresso único promete entrada em mais de 20 clubes de SP por R$ 120 entre os dias 7 e 12 de março

Claudia Assef
Por Claudia Assef
Pista fervendo no Lions Club

Pista fervendo no Lions Club

Assim como já aconteceu com restaurantes, bares e spas de São Paulo, agora chegou a vez das boates ganharem uma espécie de semana de desconto. A proposta do Week Peak é a seguinte: pagando R$ 120 por uma pulseira, a pessoa tem direito a circular quantas vezes quiser por cerca de 20 casas noturnas de São Paulo entre os dias 7 e 12 de março.

weekpeak-03

A ideia do passe foi desenvolvida pelos amigos Francisco Raul Cornejo, conhecido de longa data da noite brasileira, e também apresentador das edições nacionais do Boiler Room, e o alemão radicado em São Paulo Sebastian Kunzler.

“A maioria das cidades notívagas do mundo têm algo similar. Munique, Amsterdam e Berlim são algumas dessas cidades onde os passes que valem em diversos clubes funcionam muito bem”, diz Kunzler.

O alemão Sebastian Kunzler, 27, foi CEO do clube P1 Club Munich e sócio do Prince Charles em Berlim

O alemão Sebastian Kunzler, 27, foi CEO do clube P1 Club Munich e sócio do Prince Charles em Berlim

O Week Peak tem 22 clubes confirmados na lista de participantes: Anexo B, Yacht Club, Beco 203,
Cine Joia, Lions Club, PanAm, Clash Club, Funhouse, Bar Secreto, Neu Club, The Year, Audio Club, Mono Club, Lab Club, Hot Hot, Mundo Pensante, Graffiti House, Na Lorena, AKbar Lounge & Disco, Nola, Z Carniceria e o bar G&T. Para comprar o passe Week Peak online é só clicar aqui . Há uma lista de pontos de venda, que inclui hostels em diversos pontos da cidade, para a venda presencial até sexta (11/3). A lista completa dos endereços e esquema de funcionamento está aqui.

“São Paulo é uma cidade enorme, com muitos eventos grandes. Mas estamos oferecendo um bom negócio pra quem quiser visitar vários clubes de uma vez, uma economia de uns R$ 400. Queremos entrar no calendário da cidade com o Week Peak”, almeja Kunzler, que trabalhou em diversos clubes na Alemanha durante 10 anos, antes de se mudar em outubro de 2015 para o Brasil com a esposa, brasileira.

12339449_1654920518119450_5696338347401508961_o

Chicão Cornejo: “SP está reagindo muito bem ao projeto”.

“As cidades que têm uma vida noturna agitada, diversa, acabam fazendo algo parecido que vise facilitar o fluxo de frequentadores. SP já está reagindo bem à ideia. A receptividade tanto dos clubes inicialmente quanto o entusiasmo do público agora foi acima do que esperávamos”, diz Francisco Raul Cornejo, que na noite todo mundo conhece como Chicão.

Facilitar o acesso da galera à variedade da noite de São Paulo? Essa ideia já nasce de parabéns!

× Curta Music Non Stop no Facebook