Chico César

Festival no Ibirapuera, Bienal, Theatro Municipal e bares alternativos. Hora de montar a programação do final de semana

Por Jota Wagner

Julho, o mês das férias, dá as caras neste final de semana. Passeios diurnos, festas de domingo, festival de música brasileira e vários inferninhos estão de braços abertos te esperando. Confira no nosso Super Guia!

Organizando bem, dá para transformar seu próximo final de semana em um delicioso e eclético roteiro cultural que inclui palestras sobre a música africana feminina, visitar a Bienal do Livro, conhecer um bar alternativo bombadão, ir a um concerto no Municipal, curtir shows brasileiros no Ibirapuera e muito, muito mais.

Programe-se com o Super Guia Music Non Stop.

 

Shows

Festival Turá

O Turá – festival de brasilidades acontece neste final de semana, dias 2 e 3 de julho, no gramado do Auditório do Ibirapuera, em São Paulo. O lineup é recheado de coisa boa, com destaques para Alceu Valença, Paulinho da Viola, Baco e Martinalia. Mas tem muito mais. Todos os detalhes aqui.

 

Chico César no Studio SP

Chico César continua a todo vapor. O cantor e compositor se apresenta nesta sexta, 01 de julho, no Studio SP a partir das 23h, e promete trazer canções apresentadas em seu perfil do Instagram e releituras de músicas já gravadas. A noite ainda conta com a discotecagem de Tatá Aeroplano. Confira as informações aqui.

Ema Stoned, Violeta de Outono e Boogarins na Zona Leste

Cangaíba vai tremer na ZL, com a reunião de três baita bandas do rock independente brasileiro. O show rola no domingo a partir das 16h e é gratuito.  As redes sociais do Teatro são uma tristeza, de tão desatualizadas.  Então anota ai o endereço e o contato para se informar: R. Prof. Alves Pedroso, 600 – Cangaiba, São Paulo – SP, 03721-010. O telefone para contato é (11) 2621-2719

 

Bares, festinhas e esquentas

Picles

O Picles, na Cardeal Arcoverde, é o bar que todo mundo está indo, mas não te contou ainda. O casarão abriga festas sempre cheias, com DJs e bandas em ambientes diferentes. Cara de festa na casa de alguém, que perdeu o controle dos convidados. Confira a programação aqui.

Marco Zero

O Marco Zero fica onde funcionou o Vigilantes até pouco tempo atrás, no centrão. Neste sábado rola mais uma edição do Baile Profano, com as DJS Glaucia ++, Angelica Möller, Profano, Drona e Mary D. Saiba tudo aqui.

Brass Brew

Um prédio abandonado virou uma cervejaria com um belo espaço aberto na rua Martins Fontes. Dá uma conferida na casa aqui e aproveita para aparecer por lá no domingo, aniversário das patronas do Music Non Stop Claudia Assef e Roberta Cunha. No line up, além das aniversariantes, ainda tem Marky, Camilo Rocha Mari Rossi, Glaucia ++ e Andrea Gram.

 

Exposições e passeios culturais

26a. Bienal Internacional do Livro

Começa neste sábado (e vai até dia 10) a 26a. edição da Bienal do Livro em São Paulo. No site da Bienal, você pode descolar uma aplicativo que facilita tanto a sua entrada quanto a visitação. Hora de revisitar a lista de leitura.

Dialéticas Afro-Musicais

No sábado, dia 2 de julho, o Festival Dialéticas Afro-Musicais apresenta As Rodas Sagradas do Universo Negro Brasileiro como eixo de reflexão, articulado às práticas culturais e artísticas negras. O evento gratuito acontece no Centro Cultural São Paulo (CCSP), na sala Adoniran Barbosa, às 18h30. Confira todas as informações aqui. A programação agilizamos pra você:

Programação:
02/07/2022
Gira de conversa: As rodas sagradas do universo negro brasileiro
Palestrantes convidados: Dr. Juarez Xavier (jornalista e professor) e Ednéia Gonçalves ( socióloga e educadora)
Mediação – Tadeu Augusto Matheus (Tadeu Kaçula) 
Apresentações: Samba de Roda Nega Duda, Jongo Dito Ribeiro e Deolindo

 

Jeri Lynne Johnson no Teatro Municipal

A maestrina americana chega a São Paulo para uma comandar duas noites de concertos no Teatro Municipal. As apresentações são neste final de semana, com Glass e Dvorák. Em tempo, a programação de julho do Municipal está um arraso. Confira aqui.

 

Jota Wagner

Jota Wagner escreve, discoteca e faz festas no Brasil e Europa desde o começo da década de 90. Atualmente é editor chefe do Music Non Stop e produtor cultural na Agência 55. Contribuiu, usando os ouvidos, os pés ou as mãos, com a aurora da música eletrônica brasileira.

× Curta Music Non Stop no Facebook