Faxina 14: DJ paulistano, Marcelo Tavares, solta um set de Deep House.

Por Tawannee Villarim

Dos que passam por aqui, além de discotecar e/ou produzir, são donos de projetos que propõem fazer a diferença e trazer novidades, como é o caso do Marcelo Tavares com seu podcast, Deep Space. Pois é, essa semana é a vez do DJ paulistano, soltar suas seleções de Deep House. Bora! 

Foto: Kagi Gee (Kay_Concepts, África do Sul)

O agente fomentador da cena eletrônica underground, diretamente da periferia de São Paulo, começou sua carreira como DJ em 1995 quando decidiu comprar seu próprio equipamento entre 94 e 95, onde foi inspirado pelo falecido DJ Fabrício da Toco Dance Club, danceteria que marcou época na cidade entre as décadas de 70 e 90 em São Paulo. Marcelo conta que fazia questão de abrir o estabelecimento quando descobria que o Fabrício iria iniciar as atividades no club paulistano.

“Eu chegava mais cedo para ouvir seu repertório completamente fora do que eu ouvia o resto da noite.”

Alguns anos após iniciar no ramo da discotecagem, deu vida ao seu podcast, o Deep Space; um programa focado em música eletrônica underground que completou 10 anos de existência em 2020. Quando decidiu fazer o projeto acontecer não haviam muitos podcasts na época, e menos ainda de Deep House nesse formato. Assim como festas e locais tocando Deep House, eram muito poucos. Ele compartilha conosco que o propósito de iniciar esse projeto foi pensando em introduzir o Deep House para quem não conhecia em São Paulo, e tentar se aproximar de quem curtia o estilo, com o objetivo de alcançar as pessoas sem a necessidade de uma festa ou local, e por isso, o formato podcast foi perfeito. E tem mais:

“Queria mudar a forma de divulgar o gênero como um todo, tanto para artistas e selos quanto para o público. Afinal, deu certo pois foi através do podcast que conheci muitas pessoas e atingir locais que eu nunca conseguiria presencialmente.”

O podcast alcançou ouvintes de outros países que se interessaram por sua curadoria, resultando numa segunda turnê internacional na África do Sul em 2019, onde seu programa tem uma sólida audiência. Marcelo também realiza outros trabalhos na cabine de som além da discotecagem, como iluminador e técnico de áudio. O DJ foi produtor executivo no Brasil da RTS.FM (Moscou/Rússia), e é colaborador na Paunchy Cat Records. Seu programa semanal, o Deep Space Podcast, pode ser escutado e assinado em todas as plataformas e aplicativos de podcasts além de seu próprio site onde também faz transmissões ao vivo. Os episódios tem de 1 a 2 horas de duração, vários convidados na segunda hora do programa, e também é transmitido nas rádios web Deeper Shades Radio Network e na Dublab Brasil.

E com vocês, Marcelo Tavares. Mas antes algumas palavras do DJ sobre suas seleções:

Nesta mix, coloquei sons novos e clássicos (e quem sabe até, futuros clássicos!) de Deep House. Os amigos e seguidores da África do Sul me influenciam muito a gravar uma levada assim mais lenta, que é uma marca registrada dos sets de Deep House dos sul africanos, que tem uma cena de House Music consolidada e extremamente forte. Entrego a vocês, então, minha mistura de Deep House, na esperança de que será trilha para muitas faxinas de hoje em diante!”

 

 

× Curta Music Non Stop no Facebook