Faxina 004: Conhecido como DJ do Disco, Benjamin Ferreira mostra toda sua versatilidade em um set especial de Techno.

Tawannee Villarim
Por Tawannee Villarim

O DJ Benjamin Ferreira, que assaltou São Paulo com sua disco music única, fez para o Music Non Stop um fino set de techno, uma de suas raízes.

 

A versatilidade é algo que todo DJ busca, e com maestria Bejamin Ferreira demonstra isso através das suas mixagens e sendo um grande influenciador da cena eletrônica no Pará. Sua experiência nos decks teve início há mais de 30 anos em Belém, cidade natal. Com dois tios DJs na família, ele começou a prestar atenção nas mixagens desde os 11 anos e não parou mais. Atualmente, o seletor Benjamin vive em São Paulo onde toca frequentemente em clubes, festas itinerantes e festivais brasileiros e já se apresentou em países como Inglaterra e Itália. Recentemente gravou seu primeiro Boiler Room, ainda inédito, no festival Mareh na Praia do Saco – Sergipe. Apaixonado em comprar discos, sua pesquisa musical é abrangente: baseada em house, disco e techno, envolve fortes influências de jazz, soul, funk, música brasileira, latina e africana.

Benjamin também é produtor e tem músicas lançadas pelos selos ingleses Midnight Riot Records e Faze Action Records. Já teve residência em clubes que vão do clássico porão do Bar do Netão ao icônico Jazz nos Fundos. Organiza a Stay Free, principal festa de disco music em São Paulo atualmente, e é residente da Ursound, no Hotel Cambridge. Em uma entrevista para o portal Altaj, Ben comenta sobre os seus selos preferidos, Motown, Stax, Prelude, Salsoul, West End, Emergency, Trax, DJ International, Strictly Rhythm, Crydamoure, Versatile, Classic, Metroplex, Planet E, Paranoid London, Sound Stream, Clone, Local Talk e Running Back

E mesmo com tantos projetos, o DJ e produtor também atua em outras frentes: escreve sobre música, com entrevistas e resenhas em publicações como Rraurl.com, Deep Beep e DJ Mag, e ministra palestras sobre música e cultura do DJ em eventos como Virada Cultural (SP), Pragatecno (BA) e Paisagem Sonora (BA).

Mas o que muitos não sabem que apesar dele ter ficado conhecido como DJ NU Disco, ele começou no tocando Techno:

“Não toco mais tanto Techno como costumava há uns 15 anos, mas nunca parei de ouvir, pesquisar e até mesmo tocar em algumas ocasiões especiais. Aproveitei então pra sair da caixinha e mostrar meu tipo favorito de techno: funky, swingadão, percussivo e às vezes sujão, com pitadas de electro e breakbeat. De Honey Dijon + Kink a ItaloJohnson, de Chemical Brothers a Amanda Mussi entre outros, e com uma surpresinha no fim – lembrança das festas de aparelhagem que rolavam na periferia de Belém, onde nasci e me criei.”

Estão prontos para essa seleção especial? Esse set é baile! 

 

 

 

 

× Curta Music Non Stop no Facebook