Dicas de cinema: 10 filmes que você precisa assistir em 2021. Contem prováveis indicados ao Oscar

Por Yasmine Evaristo

O ano de 2021 chegou e já estamos todo eufóricos pelas novidades que o cinema trará para gente. Dentre os títulos mais aguardados selecionamos dez para que nossos leitores fiquem de olho.  A lista contem prováveis concorrentes ao Oscar!! 

Começa o ano mais esperado da história – não por motivos cinematográficos, claro – e várias produções estão na mira dos críticos.  Se você pretende se divertir com cinema este ano ou se é daqueles que se ressente por não ter assisto quase nada do que está concorrendo ao Oscar, nós facilitamos sua vida com estas dicas de cinema.

 

After Yang

Kogonada é um cineasta e roteirista sul-coreano, muito conhecido por seu filme de estreia, Columbus (2017). O diretor que antes da carreira no cinema, trabalhou por muito tempo na produção de vídeos de ensaio volta às telas em 2021 com o filme After Yang produzido pelo estúdio A24. O segundo longa dele é baseado em um conto de Alexander Weinstein, e vislumbra um futuro em que robôs serão comprados como babá. No elenco Colin Farrel de O Lagosta e Justin Min de Umbrella Academy

Armageddon Time

Enquanto Ad Astra era um filme sobre reconciliação familiar em meio a um desastre no espaço, o novo filme de James Gray é um filme de ação com uma pegada autobiográfica. Armageddon Time pode ser considerado um conto sobre o amadurecimento ambientado durante a ascensão de Ronald Reagan à presidência. No elenco grandes nomes como Oscar Isaac, Robert De Niro e Cate Blanchett.

Foto: divulgação Netflix

Blonde

Dirigido por Andrew Dominik e estrelado por Ana de Armas que interpreta a loira do título, Marilyn Monroe. O longa é baseado no relato ficcional de Joyce Carol Oates. Após assistir ao corte inicial do filme a autora disse que “é surpreendente, brilhante, muito perturbador e [talvez o mais surpreendente] uma interpretação totalmente “feminista” … não tenho certeza de que algum diretor do sexo masculino já tenha conseguido algo assim.” Também no elenco temos Adrien Brody como o dramaturgo Arthur Miller, Bobby Cannavale como o atleta Joe DiMaggio e Caspar Phillipson como John F. Kennedy. O filme será exibido na Netflix. 

Blossoms

Ainda que em recuperação da crise do corona vírus, o mercado audiovisual da China volta a produção. O projeto de Wong Kar-wai, Blossoms, foi planejado inicialmente como uma filmagem de onze meses. O filme narra as angústias de um jovem moradora de Xangai durante os anos 1990 em busca de amor e de status. Com um roteiro que está em construção há cinco anos o filme pode demorar um pouco mais para sair do papel, mas há a possibilidade de vermos ele debutando nos festivais  de outono de 2021. 

City Hall

Aos 90 anos o documentarista Frederick Wiseman dirige seu 46º filme lançando seu olhar sobre os corredores e salas de reunião da Prefeitura de Boston. Como acontece com todos seus filmes será mantido um foco rígido em um único lugar ou assunto, mas com reflexões profundas sobre a sociedade, no caso de City Hall no governo municipal, justiça racial, habitação e ação climática.   

Come, I Will Take You There

O diretor francês Alain Guiraudie impressionou Cannes com Um Estranho No Lago (2013), um picante mistério de nudismo gay na praia. Desta vez ele conta a intrigante história de um jovem que começa a sentir afeição por uma trabalhadora do sexo mais velha no momento em que a cidade, Clermont-Ferrand, sofre um ataque terrorista. Por ser um diretor que consegue fundir em sua obras que aparentemente são inadequados o filme despertou nossa curiosidade, pois se não bastassem os elementos supracitados, ele também é um filme de Natal. 

Foto: Film Music Reporter

Impasse 

O novo filme de Zhang Yimou é um thriller de espionagem. O diretor chinês mais conhecido por dramas ou aventuras épicas demonstrou versatilidade ao longo de sua obra, logo não há dúvidas de que esse será mais um dos grandes títulos da sua extensa filmografia. 

Louis Wain

Will Sharpe realiza o filme biográfico do artista esquizofrênico Louis Wain, conhecido por produzir pinturas misteriosas, porém fofas de gatos antropomórficos. No papel-título está Benedict Cumberbatch que, de acordo com as imagens disponíveis portará um grande e espesso bigode, Completando o elenco Claire Foy e Toby Jones.

Mainstream

Gia Coppola, neta de Frances Ford Coppola, fez sua estreia na direção com Palo Alto em 2013. Nesse interím a moça tem dirigido vídeo clipes, mas em breve volta as telonas com Mainstream. Estrelado por Andrew Garfield, Maya Hawke e Jason Schwartzman, se passa em Los Angeles e foca em um trio de amigos que se enfurece contra a máquina corporativa, porém descobrem o quanto o capitalismo é muito atraente. O filme estreou no Festival de Cinema de Veneza com críticas mistas, mas acompanhar a carreira dos Coppola sempre pode ser interessante. 

Foto: IMdB

News of the World

Em seu segundo filme sob a batuta de Paul Greengrass, o ator Tom Hanks interpreta um texano que leva para as comunidades rurais do oeste americano notícias de todo o mundo, no fim do século XXIV. O homem acompanha uma jovem (Helena Zengel) até San Antonio em busca de mais informações sobre o que se passa em outros lugares do planeta. O filme está previsto para estrear em 21 de janeiro e é baseado no romance de Paulette Jiles.

The Woman Who Ran

O ano de 2019 foi o primeiro, desde 2007, em que Hong Sang-soo não lançou um filme. Assim The Woman Who Ran é um dos mais aguardados para o ano de 2021. O título estreou no Festival de Cinema de Berlim de 2020 e foi aclamado. Mais uma vez temos a presença da musa de Sang-soo, Kim Min-hee em uma obra meditativa e irônica sobre o amor e saudade. 

Yasmine Evaristo

Artista visual, desenhista, graduanda em Letras - Tecnologias da Edição. Membro Abraccine. Pesquisadora de cinema, principalmente do gênero fantástico, bem como representação e representatividade de pessoas negras no cinema. Devota da santíssima trindade Tarkovski-Kubrick-Lynch.

× Curta Music Non Stop no Facebook