Cris Braun

Diálogos Profanos: Cris Braun, parceira de nomes como Marina Lima e Dado Villa Lobos, fala conosco sobre seu novo disco, Quase Erótica

Por Carola González

Cris Braun, parceira de Marina Lima, Dado Villa Lobos e Tom Capone, lança seu quinto álbum solo, Quase Erótica. No Diálogos Profanos Non Stop desta semana ela conta como é chegar a maturidade e fazer música independente

A entrevistada do episódio #38 do podcast Diálogos Profanos é Cris Braun, ouça.

Gaúcha da cidade de Estrela, mudou-se criança com os pais para Maceió, onde estudou violão e canto. E com 20 e poucos nos anos 80, migrou para o Rio de Janeiro, no período de maior efervescência do rock nacional, integrou a banda Sex Beatles. Por lá deu rolês com Marina Lima, Rita Lee, Cazuza, Dado Villa Lobos, Tom Capone, Renato Russo, Kid Abelha. Nos fim dos anos 90, gravou Cuidado com pessoas como eu, o primeiro e único lançamento do selo de Marina, o Fullgás. A faixa-título é uma releitura em drum´n´bass de Brigas, de Evaldo. Sua história na música é cheia de casos ótimos.

Na entrevista, Cris conta que viver de música para alguém como ela, com seu histórico e experiência, também não é nada fácil. Ela reconhece que os independentes precisam sempre dos editais de cultura para poder gravar e circular. Ela se autoproduz, grava de casa e à distância mantém a parceria com Dinho Zampier, com quem produziu seu novo trabalho, Quase Erótica, seu quinto disco solo.

Quase Erótica é uma viagem ao seu próprio passado. Aos 59 anos recém-completados, Cris dá um F5 nas faixas de juventude, com o mesmo olhar de desejo e tesão, mas com a ironia sobre o que é amar e querer ser amado na maturidade. “Senti um desejo de dançar, de falar para mais gente, de estar num palco pop rock me divertindo e alegrando corações neste disco. Quis sentir e passar vida, humor e pimenta! Refleti bastante sobre a falta de hormônios da menopausa, percebi uma nova forma de erotismo, libido e tesão. Daí o humor do Quase Erótica”. O álbum foi mixado e masterizado por Jair Donato e conta com participações de Billy Brandão (guitarras e violões), Jam da Silva (percussão) e Natan Oliveira (sopros). “Quase Erótica” pode ser ouvido em todas as plataformas de música digital. Quase Erótica pode ser ouvido , aqui.

O projeto mistura pop e rock com indie e uma MPB psicodélica. O primeiro single, “Tudo que Você Queria Saber sobre Si Mesmo”, uma composição de Alvin L, fazia parte do repertório da banda cult Sex Beatles, que colocou o nome de Braun em visibilidade nacional. tem um videoclipe, assista aqui.

Na próxima semana, Juçara Marçal é a entrevistada do Diálogos Profanos. Ela que está em turnê pela Europa com seu parceiro Kiko Dinucci nos conta como foi a produção do elogiado álbum Delta Estácio Blues.

 

*Diálogos Profanos é um podcast que entrevista semanalmente mulheres e dissidências que atuam em todas as frentes de forma independente e autônoma na música no Brasil. Já passaram cantoras, MCs, produtoras, engenheiras de som, musicistas, radialistas, assessoras de imprensa. É apresentado pela produtora musical Jo Mistinguett e produzido pela jornalista Carola González. E a convite do Music Non Stop compartilha o conteúdo na coluna Diálogos Profanos Non Stop, que é um resumo do podcast.

× Curta Music Non Stop no Facebook