Dez lives que serão lembradas daqui a dez anos!

Jota Wagner
Por Jota Wagner

O ano de 2020 nos levou às lives. Apresentações caseiras (às vezes amadoras mesmo) de artistas tentando manter a conexão, ainda que virtual,  com um público tão necessitado de entretenimento.

A “era das lives” precisa, antes de tudo, ser louvada. O esforço muitas vezes hercúleo dos artistas, sejam eles grandes estrelas ou novatos, para se manter ativos em sua função de promover alegria e diversão a um público confinado e desesperado por alento é uma das atitudes mais nobres deste momento. Muitos destes eventos, importante que se diga, estão sendo feitos sem nenhuma perspectiva financeira.

Grandes artistas rapidamente se aliaram a empresas para viabilizar lives com produções sofisticadas. Válido e importante. Mas a grande maioria está sendo feita, nos bailes da vida e em troca de pão, por gente que simplesmente quer tocar. Lindo!

O Music Non Stop separou alguns momentos das lives que serão lembrados por muito tempo.  Afinal, com a quantidade gigantesca de eventos rolando semanalmente, era óbvio que apresentações inesquecíveis e grandes micos iam rolar.

Dando certo ou dando errado, uma live é sempre importante. Vamos seguir assim: seguros, driblando o confinamento e cometendo o subversivo pecado de nos divertir.

Momentos das lives que entrarão para a história:

Live do Fatboy Slim, em casa, com sua filha Nelly Cook

O boa onda Norman Cook, conhecido mundialmente como Fatboy Slim, provou que simpatia é genética ao incluir sua filha, Nelly Cook, em uma live divertidíssima.

Milton Nascimento esbanjando generosidade e energia.

O grande maestro Milton Nascimento, que nós os íntimos chamamos carinhosamente de Bituca, esbanjou talento, positividade e generosidade em duas lives. Uma dedicando toda a renda revertida na apresentação à sua equipe, parada por causa da proibição das aglomerações, e outra dividindo o “palco” com Liniker e Xênia.

Travis Scott faz live dentro de jogo para dez milhões de gamers

O rapper Travis Scott deu aula de disruptura. Fez uma live dentro do jogo Fortnite, com dez cenários diferentes, personagens gigantes e interatividade jamais vista no mundo do entretenimento. Que tal voar em volta de um rapper de trinta metros enquanto assiste seu show? Pergunta pros fãs do Travis que eles explicam.

Live Novos Baianos homenageando Moraes Moreira

Os Novos Baianos se uniram para uma linda homenagem a Moraes Moreira. A live será lembrada pela atitude do grupo em se unir para dar o devido salve ao grande gênio que nos deixou recentemente.  Vale registrar, porem, o divertido desconforto da cantora Baby do Brasil, atualmente bastante religiosa, em seu agradecimento a uma marca de cerveja com nome assumidamente devasso.

Caetano Veloso mostrando que gênio não amarela

Caetano mostrou em uma live de aniversário, ao lado de seus filhos músicos que já o acompanham a tempos nos shows, que amarelar é um verbo inexistente em seu vocabulário. Tocou a canção Um Índio depois de fazer um emocionante (e relevante) discurso sobre o genocídio indígena. O cantor também se posicionou diversas vezes durante a apresentação.

Caetano Veloso (de novo) e a polêmica do prato

Enquanto parte do público se emocionava com Caetano, outra turma o viu constrangido em uma apresentação desnecessária e marketeira. E teve gente ainda inconformada com o fato de um dos instrumentos de percussão da apresentação ter sido um prato de porcelana. O batuque no prato rendeu nas redes sociais. Imaginem vocês uma live do Zé Keti ou Adoniram Barbosa, com suas tradicionais caixinhas de fósforo!!

Vintage Culture e a pirotecnia na ponte estaiada

Voar voar, subir subir. Se é pra ser live, que seja majestosa. O DJ e produtor Vintage Culture se içou em um guindaste em plena ponte estaiada em São Paulo, envolto em um show pirotécnico para animar a festa.

Cartão-postal de SP recebe show que promete experiência inédita ...

Cavalo mostra quem manda em live do sertanejo Flávio Brasil.

O cantor decidiu entrar no cenário montado numa charrete para brindar seu público com algo diferente do que estava rolando entre os concorrentes.  Faltou combinar com o cavalo, que por vontade própria decidiu quebrar o protocolo, dar no pé e curtir uma apresentação obscura de psy trance no twitch. O resultado final foi digno de uma cena dirigida pelo David Lynch.

Tiroteio e batida policial interrompem live de pagode

Não se pode esperar nada de bom na live de um grupo de pagode chamado Aglomerou em pleno confinamento da pandemia.  Tanto é que, no meio do evento, tiros e invasão policial interromperam o sugestivo show em Angra dos Reis, que foi cancelado após os músicos fugirem do cenário. Injustiça seja feita, a música que rolava no momento da interrupção era “Compasso do Amor” , do grupo Revelação.

Grupo Aglomerou anuncia data de nova live após tiroteio | Música | G1

Cantora sertaneja Marília Mendonça faz comentário transfóbico em live

Já dizia o profeta, quem não sabe também faz ao vivo. A cantora Marília Mendonça, mostrando que como comediante é uma excelente cantora, resolveu incluir em sua live uma piada completamente 2015 (antes de Cristo) sobre o amigo que “pegou” não sei quem e por aí você já imagina.  O assuntou rendeu, resultando no clássico, e não por isso desnecessário, pedido de desculpas. Sofrência define.

Foto profissional gratuita de azul, cantor, claridade

Nick Cave tocando sozinho no Alexander Palace

Mundialmente conhecido por não dar, jamais e em hipótese alguma, ponto sem nó, Nick Cave aderiu à essa coisa de live.  Meteu um piano de cauda no meio do teatro Alexander Palace e, sozinho, fez uma apresentação filmada pelo cineasta Robbie Ryan (História de um Casamento e A Favorita).  Verdade seja dita, não foi uma live. Foi gravada com antecedência e transmitida para quem estivesse disposto a pagar 100 dinheiros para testemunhar o rolê;

 

 

 

 

 

 

× Curta Music Non Stop no Facebook