Cartas dos Beatles a Astrid Kirchherr, escritas durante a temporada de Hamburgo, serão leiloadas nas próximas semanas

Por Jota Wagner

Cartas manuscritas e outros itens de memorabilia estarão disponíveis para colecionadores com bala na agulha

Em 1960, o então empresário dos Beatles, Allan Willians, decidiu mandar a banda para uma temporada de shows em Hamburgo, inspirado pelo sucesso que uma outra banda inglesa, Derry And The Seniors, havia conquistado. A formação do grupo que viajou para a Alemanha contava com Paul McCartney, John Lennon, George Harrison, Stuart Sutcliffe e Pete Best, recrutado dias antes da jornada.

Durante um período de 2 anos, a banda tocou cinco dias por semana, às vezes em sets de 6 horas por noite, morando nos fundos do bar em condições pra lá de insalubres e levando a fortuna de 2,50 libras por dia.

Biógrafos concordam, no entanto,  que a temporada foi imprescindível para formar os Beatles. Se tornaram uma super banda ao vivo, ganharam experiência e estabeleceram contato com a juventude expressionista alemã, bem mais provocante e antenada que os roqueiros de Liverpool.

“A época em que os Beatles estiveram em Hamburgo foram absolutamente cruciais para eles. É justo dizer que eles sairam da Inglaterra garotos e retornaram homens”, disse ao The Guardian a diretora da casa de leilões Bonham, Katherine Schofield.

 

Astrid Kirchherr

Astrid Kirchherr – foto: acervo pessoal

Foi neste rolê que a banda fez uma grande amiga, a fotógrafa alemã Astrid Kirchherr. Além de apresentar a banda à nata artística da cidade, Astrid também roubou Stuart da banda. Apaixonado e pouco interessado no perrengue musical, Stu deixou a banda no final da termporada para ficar em Hamburgo com a namorada. Infelizmente o romance durou pouco. Sutcliffe veio a falecer menos de uma ano depois.  A história é contada no filme Os Cinco Rapazes de Liverpool, de 1994.

A amizade com Astrid sobreviveu

A coleção de correspondências trocadas entre os Beatles e Astrid Kirchherr será leiloada em Londres dia 05 de maio. Cartas, textos ainda não revelados, poemas, fotos, vistos de trabalho e outros itens de memorabilia estão no pacote.

Paul McCartney

carta de Paul a Astrid – foto: acervo Bolham

 

Em cartas reveladas pelos leiloeiros, há momentos íntimos dos Beatles como a revelação de John a Astrid de que sua esposa Cynthia estava grávida de seu primeiro filho, ou convites de George Harrison para visitá-los em Londres.  Foi logo após a temporada de Hamburgo que os Beatles explodiram para o mundo, o que faz da coleção um importante registro do momento em que os Fab 4 estavam começando a lidar com a fama.

“Encontrei algumas cartas do Stu” – escreveu Harrison a Kirchherr – “é engraçado ler isso de novo, sobre os Beatles entrarem no Top Ten Club”. Top Ten foi um dos clubes em que se apresentaram em Hamburgo por quase 100 noites. “Você devia vir nos visitar no nosso novo flat. Poderia nos dar chá e cereais novamente”.

Kirschherr faleceu em maio de 2020, aos oitenta e dois anos. São delas os créditos da primeira foto dos Beatles, ainda com cinco integrantes.

Beatles

A famosa primeira foto dos Beatles, tirada por Astrid kirchherr

 

 

 

 

 

Jota Wagner

Jota Wagner escreve, discoteca e faz festas no Brasil e Europa desde o começo da década de 90. Atualmente é editor chefe do Music Non Stop e produtor cultural na Agência 55. Contribuiu, usando os ouvidos, os pés ou as mãos, com a aurora da música eletrônica brasileira.

× Curta Music Non Stop no Facebook