Mariah Carey

Anos 90. Quem foram e por onde andam os astros responsáveis pelos 10 maiores hits desta década

Por Jota Wagner

As baladas sofridas e o R&B dominaram a música pop na década de 90. Saiba como estão atualmente os responsáveis pelos maiores hits da década.

Os anos 90 são emblemáticos para a indústria da música. Foi a década em que o compartilhamento de arquivos MP3 entre os computadores derrubou o mercado de CDs, provocando um maremoto que só amansou com a estruturação dos serviços de música em streaming.

 

 

A Billboard divulgou sua lista dos 10 maiores hits da décadas baseadas nas vendas dos artistas. No gosto popular, reinavam as baladas grudentas de amor sofrido.  Trinta anos depois, alguns artistas se mantém firme e forte no controle do gosto das massas,  outros ainda vivem dos velhos hits e ainda temos os que  deixaram a música pra lá.

Confira quem são e por onde andam os donos dos 10 maiores hits da década de 90.

 

Los Del Rio – Macarena (Bayside Boys Mix)

Bayla tu cuerpo, alegria macarenaaaa

Los Del Rio - Macarena

Los de Rio – foto: reprodução Youtube

O duo de música tradicional espanhola Los Del Rio é formado por Antonio Romero Monge Rafael Ruiz Perdigones. Apesar de ainda viverem dos louros do estrondoso sucesso que o remix dos Bayside Boys (trio baseado em Miami) fez no mundo inteiro em 1995 para sua música Macarena, os fildalgos estão no corre desde 1968 e animal até hoje os bailes de música flamenca de Sevilha, sua terra natal.  Prova disso é esta apresentação deste ano na TV local cantando (bem pacas, inclusive) a canção Sevillana.

Tony Braxton – Un-Break My Heart

Cantora segue firme no R&B romântico

Tony Braxton

foto: divulgação

Tony Braxton, agora em versão loira, segue firme repetindo a fórmula que fez de Un-Break My Heart um dos maiores sucessos da década. A música de sofrência R&B foi lançada em 1996, parte do seu segundo álbum, Secrets.

Atualmente, Braxton já lançou 8 álbuns. O mais recente, Spell My Name, é de 2020, ano em que a cantora viralizou nas redes ao explicar que usa um vibrador para massagear o rosto e este é o segredo de sua pele de pêssego.

LeAnn Rimes – How Do I Live

Hit de amor doce como o mel

Leann Rimes em 2021

LeAnn Rimes – foto: divulgação

Diabéticos devem evitar How Do I Live, balada pop ultra melosa da cantora e atriz LeAnn Rimes. Aquelas canções que só se explica o sucesso nos anos 90 mesmo. A americana nascida em 1982 ( How do I Live foi lançada quando ela tinha apenas quinze anos) gravou seu último disco em 2016, mas segue firme na TV americana interpretando papéis em seriados como Blue e The Masker Singer

Jewel – Foolish Games

Dos 90 para eternidade: quatro prêmios Grammy

Jewel com chapéu

Jewel – foto: divulgação

A também atriz e cantora norte americana Jewel, reponsável por Foolish Games, mais um banho em uma piscina de espartame.  Nascida em Utah, foi durante sua adolescência no Alaska que desenvolveu sua voz.  Jewel continua firme e forte na carreira artística e no teu caso a música se expandiu muito além de um super hit dos anos 90. A cantora vendeu mais de 30 milhões de discos (quando ainda se vendiam discos) mundo afora e ganhou quatro prêmios Grammy. Sua última indicação, como cantora country do ano, foi em 2011.

 

Bryan Adams – “(Everything I Do) I Do It For You”

Um tsunami romântico que devastou continentes

Bryan Adams no palco

Bray Adams – foto: reprodução Youtube

Antes de se tornar uma das maiores pragas dos karaokês brasileiros, Bryan Adams já amansava o mundo desde a década de 80. E continua fazendo-o até hoje. Seu mais recente álbum,  Shine a Light, é de 2019.  Adams conta com outros grandes hits na mochila, como Heaven, Forgive Me e Summer Of 69. Repare no videoclipe de Everything I Do, onde o canadense toca em um estádio lotado de casais apaixonados. É muito amor!

 

Boyz II Men – I’ll Make Love To You

Fazendo amor com o instalador de alarmes

Boys II Men em 2020

Boys II Men – foto: divulgação

Nossa lista com os dez maiores hits dos anos 90 continua romântica e aveludada, mas desta vez devolvendo o R&B a quem realmente tem garganta para tal.  O grupo vocal Boys II Men estourou a porta do quarto de motel com esta balada, lançada em 1994.  É considerado o mais bem sucedido grupo vocal negro de todos os tempos do gênero é de 2014.  Recentemente, lançaram um disco homenageando o soul e o doo-wop dos anos 50, e estrelaram um episódio de série televisiva nos Estados Unidos.

O trio continua se apresentando e tem shows agendados até 2022.

Next – Too Close

Queremos ser o próximo Boys II Men

Lançado em 1998, Too Close levou medalha de ouro na lista da Billboard.  Mais m trio vocal negro como o Boys II Men, porém de tiro bem mais curto.  O Next circulou pelo salão entre 1997 e 2002, quando o grupo desapareceu.  Emplacou mais uns hits além de Too Close. Mas de “next” mesmo, ficou só o nome?  Bem, eles voltaram com a formação original para um single 2018 e ainda se apresentam nos EUA.

Mariah Carey & Boyz II Men

Sucesso + sucesso = mais sucesso

mariah carey no palco

foto: reprodução Youtube

Em 1995, a música rainha das paradas veio daquela parceria feita para deixar empresário sorrindo. Depois de ter dominado o mundo da música pop um ano antes, o Boys II Men se juntou a Mariah Carey para One Sweet Day (essa já tem doçura até no título).  A bestseller Mariah Carey deve se preocupar em não figurar nestas listas de “por onde anda?” . A estrela tem um fansite bem completo chamado MaryahNOW.com .

Em tempo: Mariah Carey é a única artista do planeta a ter singles no. 1 em 4 décadas consecutivas.

 

Savage Garden – “Truly Madly Deeply” 

Da Austrália para seu tocador de mp3

O duo australiano Savage Garden durou poucos anos e lançou apenas dois álbuns. Que pena! Mas a vida está ganha com Truly Madly Deeply, que foi o maior hit de 1998.  O projeto formado por Darren Heyes no vocal e Daniel Jones no instrumentos se separou já em 2001 e a partir daí, dá-le álbum de greatest hits que, no caso, cabem num EP.

 

Elton John – Candle In The Wind 1997/Something About The Way You Look Tonight

Uma homenagem à Princesa Diana

Elton John

foto: reprodução Youtube

Candle In The Wind 1997/Something About The Way You Look Tonight foi lançada no final de 1997, em homenagem à Princesa Diana, que morrera em uma acidente meses antes. A comoção levou a música ao topo das paradas mundiais, lugar que Elton John está bastante habituado.

Considerado uma das maiores estrelas da história do pop, Elton John continua firme no posto. Seu filme biográfico, Rocketman, foi lançado em 2019 e considerado por John como uma homenagem recebida ainda em vida, diferentemente do que foi Candle In The Wind.

Elton John anunciou que se aposentará da vida artística em 2022, após concluir uma turnê comemorativa de 50 anos de carreira. O rolê já arrecadou quase 2 bilhões de reais em ingressos.

 

 

Jota Wagner

Jota Wagner escreve, discoteca e faz festas no Brasil e Europa desde o começo da década de 90. Atualmente é editor chefe do Music Non Stop e produtor cultural na Agência 55. Contribuiu, usando os ouvidos, os pés ou as mãos, com a aurora da música eletrônica brasileira.

× Curta Music Non Stop no Facebook