Americano Eric Duncan é atração da festa Fábrica nesta sexta, ouça mix exclusivo para o MNS

Claudia Assef
Por Claudia Assef

Habitué de nossas pistas tropicais, mas sempre uma atração que faz valer a pena o rolê, o americano Eric Duncan (DFA Records) é atração da festa Fábrica, nesta sexta (3), no recém-inaugurado Rex Club, no centro de São Paulo.

Eric-Duncan-800-x-800-alt

Ele, que já remixou nomes como LCD Soundsystem, Todd Terje, Grace Jones e Beastie Boys, tem viajado o mundo todo levando sets deliciosos de Bali à Bahia. Nesta sexta ele será a cereja da festa que faz uma explícita homenagem à Factory Records, lendária gravadora de Manchester que lançou para o mundo nomes como New Order e Happy Mondays, além de ter revolucionado a música eletrônica em seu clube Haçienda.

Além de Eric Duncan tocam na noite os residentes do selo Easytiiger e os convidados Guga Roselli (Mareh Music) e Nascii (Gop Tun). Com sede em São Paulo e pouco mais de um ano de vida, o selo Easytiiger, comandado por André Palugan e Guto Nunes, vem ganhando terreno e se firmando como uma ótima novidade na cena eletrônica nacional.

Fã do Brasil, Duncan resolveu brindar o Music Non Stop com um mix exclusivo, que tá lindo,  como você poderá tirar a prova, e uma entrevista falando de sua relação com o país, compra de discos e de seus outros projetos como DJ. Taca o play e leia a entrevista.

 

Music Non Stop – Você tem uma conexão forte como Brasil, já tocou em festivais como Mareh e festas menores também, além de ter vários amigos aqui. Como começou essa história?

Eric Duncan – Sim, eu amo o Brasil. A primeira vez que vim foi em 2005. Toquei numa festa da Vogue em São Paulo durante a semana e sexta no clube Gloria. Daí fui pro Rio e toquei no Zero Zero. Naquela semana fiz amizades que me acompanham até hoje. Desde aquela primeira vez eu venho meio que todo ano. Desde que me conectei com a crew Mareh Music minhas vindas ao Brasil têm sido mais frequentes e durado mais tempo. E não vejo isso mudar tão cedo 🙂

Music Non Stop – Ano passado você gravou um belo Boiler Room com Justin Van der Volgen em Nova York, tocando coisas bem techy e pesadas NYC. Seus sets no Brasil tendem a ser mais baleáricos e tropicais. Você acha que tem espaço pra ambas atmosferas aqui?

Eric Duncan – Tendo a tocar de acordo com o ambiente. Nunca programa um set com antecedência. Levo na bagagem uma case de discos ou USB ultimamente e quando estou fazendo o playlist é pra festa daquela noite apenas. Às vezes eu sei que música vou tocar na abertura, mas depois é tudo freestyle. Então essa vive mais tropical e baleárica é por causa dos lugares abertos ou ilhas em que tenho tocado. Mas posso tocar em qualquer ambiente, de um casamento até o Panorama Bar (Berlim). Se estou num clube, o som vai ser mais pesado do que quando toco embaixo de uma palmeira. Vou olhar o Rex nesta sexta e decidir o que vai ser… mas certamente será uma atmosfera mais de clube.

Music Non Stop – Como DJ, você provavelmente faz muita compra de música. O que foi um seu achado mais incrível recentemente?

Eric Duncan – São muitos pra lembrar… ainda gosto de ir a lojas quando eu posso. Mas não posso citar apenas um disco nesses últimos anos, porque são muitos.

eric-duncan

Music Non Stop – Além de viajar como DJ, que outros projetos você mantém atualmente?

Eric Duncan – Tenho um projeto novo chamado Rumours com o Jonny Nash. Gravamos um 12 polegadas quando eu estava em Bali em março durante uma residência de um mês no Potato Head Beach Club. Este 12 será lançado pelo Future Boogie Records até o fim do ano. Também vou lançar um 12 polegadas meu muito em breve pelo Not An Animal Records, com remix de Daniel Baldelli. E também tem Happy Family, um projeto com Justin Vandervolgen. Lançamos um 12 polegadas ano passado e temos mais música pronta pra sair. Muita coisa!

Eric Duncan & Justin Vandervolgen – Hard To Breathe

Music Non Stop – Quais artistas contemporâneos brasileiros você tem curtido?

Eric Duncan – Estes caras são todos ótimos DJs: Marcio Vermelho, Gop Tun, Selvagem, Rodrigo Peirão, Guga Roselli, Badenov, Guigo e Carrot Green. Tem ainda uma banda nova do Rio chamada Aymoreco. É impossível mencionar todo mundo, porque tem muitos músicos e DJs incríveis aqui.

Music Non Stop – Você se lembra quando foi que acendeu aquela faísca com a música e você pensou “acho que é isso que vou fazer da vida”?

Eric Duncan – Sempre teve música em casa, desde pequeno. Tinhas discos e mais discos na sala. Quando me tornei adolescente, nos anos 80, meu amigos faziam festinhas como DJs em suas casas e tocava muito hip hop e electro, isso quando eu ainda morava em Los Angeles. E eu brincava de discotecar já em 87, 88, mas só comecei a encarar com seriedade no começo dos anos 90…

Fábrica com Eric Duncan
Sexta, 3 de junho, a partir das 23h
Rex Club – Rua Araújo 155 (República – ao lado do Copan)
Preços: de R$30 a R$50
Lin-up: Eric Duncan, Nascii, Guga Roselli e Easytiiger DJs

× Curta Music Non Stop no Facebook