A banda nova do guitarrista do Pearl Jam, a nova do Tricky e mais lançamentos para abrir os ouvidos

Avatar
Por Tatiana Rosa

Por Tatiana Rosa

Neste cenário pandêmico e de novidades, com lançamentos de singles de bandas e artistas já reconhecidos e outros que vão abrindo seu caminho, uma das boas notícias é o surgimento de uma nova banda que, ao que parece, tem muito o que dizer.

Painted Shields

Painted Shield surge a partir da reunião do guitarrista do Pearl Jam, Stone Gossard, com nada menos que Matt Chamberlain, que já integrou o Soundgarden e o início do próprio Pearl Jam (além de ter participado de turnês e álbuns de gente do calibre de David Bowie, Dido, Morrisey, Tori Amos, Macy Gray, Peter Gabriel e muito, muito mais), e ainda o cantor folk Mason Jennings e a tecladista e cantora de Seattle, Brittany Davis.

O grupo recém-formado lançou seu single de estreia “I Am Your Country” e anunciou que seu álbum de estreia está previsto para 27 de novembro. “A canção tenta encapsular o que um país pode dizer ao seu povo. É a canção menos trabalhada do disco e isso a torna realmente visceral e imediata”, disse Stone Gossard em recente entrevista.

O quarteto mescla rock, eletrônica e folk-pop e está com a gravadora Loosegroove Records,
que lançou o álbum de estreia do Queens of the Stone Age, em 1998.

Tricky por Frank Johannes

O inglês Tricky lançou seu 14º álbum de estúdio,  Fall To Pieces , neste mês. Gravado em seu próprio estúdio em Berlim no final de 2019 e lançado pelo seu próprio selo False Idols, o álbum está sendo considerado um dos melhores da carreira deste cantor, ator e produtor musical.

Tricky expõe sua agitação, atordoamento e reflexões ao desconstruir transições entre as faixas, e ao passar de momentos líricos a densos numa piscada. Quem domina (literalmente) os vocais, dessa vez, é Marta Złakowska, cantora polonesa que ele descobriu durante uma turnê europeia quando ficou sem vocalista na noite de abertura. E ela manda muito bem.

E Amy Lee está de volta com o Evanescence. Depois de quase uma década sem lançar trabalho inteiro de músicas novas, eis que o álbum The Bitter Truth começa a dar o ar da graça com o lançamento de mais um single, o terceiro, para os fãs começarem a sentir o peso do que vem por aí. “Use My Voice” , lançado pela BMG com videoclipe, quer celebrar o poder da voz por um mundo mais justo. “Não deixe ninguém falar por você. Só você pode faze isso”, disse Amy.

 

Fantomaticos – foto de Joanna Testa

No dia 18 de setembro, vai ter lançamento de single novo dos Fantomáticos. A banda gaúcha, reconhecida pelo indie experimental, apresenta “Do que vale a pena”, composição do tecladista Rodrigo Trujillo, que também assume os vocais. Trata-se do quarto single do novo álbum da banda, cuja produção foi interrompida pela pandemia, mas a continuidade vem acontecendo com o lançamento de singles avulsos. Ao todo, serão dez músicas deste que é o quarto álbum da banda.

Até o momento, “Seu Chocolate”, “Boa Noite Porto Alegre” e “Coisa com Coisa” foram lançados. O novo material dos Fantomáticos poderá ser conferido no canal da banda no YouTube e nas plataformas de streaming.

Para os amantes de jazz e blues, esta novidade vem de New Orleans. O grupo Sabertooth Swing lançou um novo EP com seis canções que merecem ser degustadas sem moderação. Reza a lenda que este trabalho foi inspirado numa noite em particular, quando a banda se juntou para tocar num bar local e definiu um set list mais blues que o usual, mas mantendo o clima entre a melancolia e o desejo de estrada. Deu tão certo que o grupo viu então a oportunidade de aplicar um toque mais clássico a alguns de seus repertórios modernos favoritos. Songs of Future Past está em todas as plataformas digitais.

Recém-nascido durante a pandemia, o 43, duo paranaense composto por Luana Santana (bateria e voz) e Hugo Ubaldo (guitarra e voz) lança mais um single “Business Man”. Outros dois já haviam sido lançados, “Caminho Deserto” e “Revolução Mental“, e neste terceiro trabalho, além da letra ser do poeta Paulo Leminski, o arranjo dá um ar de anos 90, além de ser o primeiro cantado pela baterista Luana, numa clara assumida evocação a suas próprias referências, como Hole e Pixies.

Alfamor

A artista Alfamor, de Porto Alegre, atualmente mora em Salvador e faz sua estreia na música com o álbum ONÇA (YBmusic), lançado neste mês. Produzida por Saulo Duarte, ONÇA é um álbum de composições autorais que aborda temas contemporâneos e reflexões sobre ser mulher, autoconhecimento, política e espiritualidade. Nos arranjos, a ideia da ancestralidade ganha marcas do tambor, com reggae, rock e latinidades também presentes – juntos, misturados e pop contemporâneos.

 

Lucas Pretti tem 18 anos, canta, toca vilão e compõe. Lançou seu primeiro single e videoclipe, “Fica Comigo”, em maio de 2019. De lá para cá, novos singles e vídeos passaram a colocar em evidência o jovem artista mineiro. Seu primeiro EP será lançado ainda este ano, mas uma faixa foi divulgada agora para dar um gostinho a quem quer conhecê-lo: “Não quero mais”, que traz, segundo o artista, elementos das décadas de 70 e 80 e referências como The Weeknd, Harry Styles e Dua Lipa.

× Curta Music Non Stop no Facebook