O velho Yo do hip hop dito de 450 jeitos diferentes

Por Claudia Assef

A interjeição “yo” começou a se popularizar durante a Segunda Guerra Mundial. Era uma maneira dos soldados americanos responderem à chamada de presença. Mas é claro que a gente conhece o “yo” do hip hop. A saudação pegou de uma forma tão forte que extrapolou o nicho, virou sinônimo de “e aí”, “qualé” e por aí vai. Na música, o “yo” é quase uma virgula, uma ferramente usada pra começar uma frase, um jeito de chamar a atenção pro início da rima.

O rapper americano Caural teve a manha de pegar 450″yos” falados em faixas já lançadas e reunir na música Sorry, Underground Hip Hop Happened 10 Years Ago (For Regan). Vários desses “yos” vêm com o kit de bateria, então o resultado é uma colagem louca e bem “glitchy” de um monte de “yos”, alguns dos quais você vai até reconhecer.

Então, yo, check it out aqui

Claudia Assef

http://www.musicnonstop.com.br

Autora do único livro escrito no Brasil sobre a história do DJ e da cena eletrônica nacional, a jornalista e DJ Claudia Assef tomou contato com a música de pista ainda criança, por influência dos pais, um casal festeiro que não perdia noitadas nas discotecas que fervilhavam na São Paulo dos anos 70.

× Curta Music Non Stop no Facebook