11 coisas que não vão mais ser tão legais depois que você começar a namorar um músico

Por Guilherme Silva

justin-bieber

1- Música pop: Curte ouvir Justin Bieber e Taylor Swift? Bom, recomendo muito que pense bem antes de ouvir música pop ao lado do seu namorado músico. Se ele tiver um autocontrole interno absurdo, não vai falar nada. Mas saiba que, dentro da sua cabeça, a caixa de Pandora terá sido aberta.

2 – Karaokê: Você adora beber com as suas amigas e cantar karaokê despretensiosamente? Vixi, não leve seu namorado nesse rolê. Ele vai se incomodar com: 1) a seleção de músicas cantadas, e: 2) como suas amigas desafinadas parecendo gralhas cantando. Pense muuuitas vezes antes de convidá-lo para ser sua dupla no microfone e, se por algum acaso decidir fazer isso, não saia do tempo.

prince-guitar-licking

3 – Elogios: Você vai entender o verdadeiro significado da palavra “amor” para um músico. Nunca vai te elogiar como elogia o artista ou instrumento favorito dele: “Nossa, a voz do Thom Yorke me deixa arrepiado” ou “É só eu encostar no meu Fender Mustang 1978 que eu fico com tesão” são frases que você vai ouvir constantemente. Quando foi a última vez que ele disse que a sua voz o arrepiou?

high-fidelity

4 – Discografias e playlists: Você vai ter pavor dessa palavra – discografia – quando namorar um músico. Ele vai querer fazer viagens de carro de sete horas ouvindo toda a discografia do Frank Zappa e vai cantar todas as músicas. Quando se der conta, você vai ter decorado toda a playlist “Estrada com o Zappa”. Mas, o pior de tudo são as playlists com músicas que você nunca ouviu falar e das quais ele fala tão passionalmente. Dica: sorria e concorde. Diga como tudo aquilo é maravilhoso. Músicos odeiam quando alguém fala mal dos seus artistas favoritos.

howard-stern

5 – Rádios: Aceite o fato que você nunca mais vai comandar o rádio em nenhum lugar. Aceite; dói menos.

marty-guitar

6 – Shows: Este assunto é importantíssimo e requer uma divisão em duas partes: shows de outras bandas e shows do seu namorado. Você vai perceber que ao namorar um músico, shows de terceiros nunca vão ser iguais. Simplesmente pelo fato de que você não pode mais só curtir o show, tem que ouvir uma tese de doutorado sobre o porquê do guitarrista da banda estar usando o pedal de delay “x” naquela parte da música, porque o timbre da bateria está tão seco ou porque o técnico de som está modulando a voz incorretamente. E, acredite, esta tese de doutorado tem muitas páginas. Quanto ao show do seu namorado, aproveite! Os primeiros dez shows são realmente incríveis; todo aquele glamour, backstage, camarim… Sem contar que seu namorado fica um gato no palco, né?! Mas, só posso imaginar quão insuportável deve ser para uma namorada ir ao septuagésimo primeiro show da banda, ouvindo as mesmas músicas, vendo as mesmas pessoas, conhecendo toda a rotina da banda…

almost-famous-band-tour

7 – Fins de semana e feriados: se o seu namorado for um músico, a agenda dele é completamente diferente da sua e da maioria das pessoas. Trabalha nos fins de semana, acorda mais tarde do que as outras pessoas, feriados não importam e ele vai estar sempre viajando.

groupies

8 – Groupies: “Nossa, que saco! Não aguento mais ver essa menina em todo show”. Esse papo é recorrente entre namoradas de músicos de todos os tempos desde o início da humanidade. Isso é super comum. Se a banda do seu namorado for boa, você vai se deparar com groupies, conforme-se. E elas se multiplicam! São piores do que Gremlins em contato com a água. Cuidado!

9 – Air Guitar: Você vai se deparar constantemente com seu namorado tocando algum tipo de instrumento no ar. O instrumento não está lá, mas ele finge que está, e toca com o maior tesão do mundo. Na fila do banco, no restaurante, no carro, no banho, no jantar… todo lugar é um bom lugar para se tocar um “air guitar”. Não adianta ter vergonha, isso é muito, muito comum.

luan-santana

10 – Baladas com música ruim (para ele): Simplesmente esqueça. Nem cogite levá-lo para sair para alguma balada que toque Rihanna ou Luan Santana; pior ainda se forem ambos. Quer dizer, não tem problema você cogitar e consequentemente levá-lo para sair. Mas aceite o fato de que ele vai odiar estar ali, vai odiar todas as pessoas que estão se divertindo, vai odiar o DJ e vai sobrar até pra você. Sim, ele vai te odiar um pouco por fazê-lo passar por isso e vai sempre inventar uma desculpa para ir embora.

thom-yorke-dj

11 – Baladas com música boa (para ele) – Dê tchau às suas vontades e planos, sua noite vai ficar à mercê dele. A conta fecha muito fácil: música boa em um ambiente bom = ficar pra sempre na balada. Se acostume a ouvir seu namorado comentando que a virada do DJ para aquela música que ele curte muito foi um sinal de que vocês têm que ficar mais na balada.

Eu escrevi como deve ser namorar um homem músico por que sou um e conheço meus defeitos. Se alguma amiga música quiser escrever uma versão feminina desse texto seria incrível!

LEIA TAMBÉM:

ENTENDA POR QUE 2016 VAI SER O ANO DA MÚSICA INDEPENDENTE NO BRASIL

4 ATITUDES QUE PODEM AJUDAR A BOTAR A SUA BANDA PRA TOCAR FORA DO PAÍS

7 FATORES QUE EXPLICAM POR QUE A SUA BANDA É UMA MERDA

GUILHERME SILVA É BAIXISTA DA BANDA INKY, DONO DO SELO UIVO RECORDS E ESCREVE SOBRE MÚSICA INDEPENDENTE PARA O MUSIC NON STOP

 

× Curta Music Non Stop no Facebook